Hussein Farrah Aidid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hussein Mohamed Farrah Aidid (Somali: Xuseen Maxamed Faarax Caydiid, em árabe: حسين محمد فارح عيديد), (nascido em 16 de agosto de 1962) é um veterano do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e ex-presidente da Somália. Ele é o filho do General Mohamed Farrah Aidid.

Nascido em Beledweyne, Farrah é filho de Mohamed Farrah Aidid e às vezes é conhecido como Hussein Mohamed Farrah Aidid, Hussein Aidid[1] ou Aidid Junior.[2] Ele emigrou para os Estados Unidos quando tinha 17 anos de idade,[3] e frequentou a Covina High School, em Covina, Califórnia, graduando-se em 1981.

Em abril de 1987, Farrah se alistou no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Após a sua formação, passou a servir na base dos fuzileiros navais na reserva em Pico Rivera, Califórnia como um atirador na Bateria B no 14ª Regimento da Marinha.[4] Atuou na Somália, como tradutor durante a Operação Restore Hope, tendo sido escolhido porque era o único marine que falava somali..[5] Após a sua dispensa, permaneceu nos Estados Unidos e se tornou um cidadão naturalizado.

Quando completou 30 anos de idade, Farrah foi selecionado pelo clã Habar Gidir como sucessor de seu pai e voltou para a Somália.[6] Após a morte de seu pai, em 1 de agosto de 1996, Hussein foi empossado como "presidente interino",[7] e tornou-se líder da Aliança Nacional Somali (SNA), a mesma aliança que seu pai liderava contra as forças estadunidenses. Farrah era visto pelo Ocidente como uma oportunidade de melhoria para as relações entre eles e a Somália.

Em 22 de dezembro de 1997, ele renunciou ao contestado título de presidente ao assinar a Declaração do Cairo, no Cairo, Egito, após um processo de paz entre a administração Salbalar e o Grupo Soodare.[8]

Referências

  1. Somalia's thoughtful 'warlord' BBC
  2. Somalia: Somali faction hands over thousands of landmines SomaliNet
  3. From Marine to warlord: The strange journey of Hussein Farrah Aidid
  4. Ricks, Thomas (1997). Making The Corps. New York: Scribner. p. 219 
  5. «Boston.com / Fighting Terrorism». The Boston Globe 
  6. Hussein Farrah Aydiid Dictator for Hire
  7. «Death of a Warlord: The succession». Consultado em 30 de janeiro de 2007 
  8. «Somali Factions Sign Peace Agreement». CNN. 22 de dezembro de 1997. Consultado em 14 de janeiro de 2007. Cópia arquivada em 9 de março de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]