Igreja do Bonfim (Portalegre)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Igreja do Bonfim.
Igreja do Bonfim, Portalegre, Portugal.

A Igreja do Bonfim localiza-se na freguesia de São Lourenço, na cidade e concelho de Portalegre, distrito de mesmo nome, em Portugal.

História[editar | editar código-fonte]

Ao fim de 16 anos de governo da Diocese de Portalegre, o seu 4º prelado, D. Diogo Correia, foi habitar uma quinta perto da cidade, propriedade que por essa razão passou a chamar-se "Quinta do Bispo". De acordo com a tradição local, aqui D. Diogo modelou a imagem representando o "Ecce Homo", que mandou colocar em determinado ponto da quinta. A imagem, feita de barro, por muito tempo conservou a cor natural. D. Diogo veio a falecer na dita quinta a 9 de outubro de 1614.

Em 1714 alguns devotos mandaram encarnar a imagem, e ao mesmo tempo ergueram para ela um pequeno nicho, o qual mais tarde foi transformado na atual Igreja, que passou a ser protegida pela esposa de João V de Portugal e passou a ter o título de "Real Igreja do Bonfim", a qual encerra uma decoração de talha e pinturas de valor incalculável,

D. Álvaro Pires de Castro Noronha, bispo de Portalegre nomeado por D. João V, lançou a primeira pedra para a sua fundação, em 21 de dezembro de 1721.

Tinha irmandade com 24 deputados, 12 clérigos, 12 seculares e Sua Majestade e Protectora.

Os paramentos eram ricos, brancos de tela de prata.

Tinham os seguintes altares: Senhora da Luz, Senhor do Bonfim e Senhora do Amparo.

Em 1852 a igreja foi restaurada.

Foi outrora centro de romarias e actualmente realizam-se as festas do Senhor do Bonfim no último domingo de Setembro.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.