Senhor do Bonfim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Senhor do Bonfim (desambiguação).
Retábulo da Igreja de Nosso Senhor do Bonfim em Pirenópolis, construído em 1750.

Senhor do Bonfim, segundo a devoção católica, é uma figuração de Jesus Cristo em que este é venerado na visão de sua ascensão.

Devoção[editar | editar código-fonte]

O Senhor do Bonfim não é o padroeiro do estado da Bahia, mas a sua devoção (muito grande e difundida) é a principal do Estado, particularmente da Cidade do Salvador. A Igreja do Senhor do Bonfim é um dos mais importantes monumentos arquitetônicos de Salvador, além de palco para uma das principais festas religiosas do lugar, que ocorre sempre no mês de janeiro.

Em 1923, por razão das comemorações da Independência da Bahia, foi composto o Hino ao Senhor do Bonfim. Um dos mais conhecidos do Estado ao lado do Hino da Bahia.

É padroeiro de outras localidades, como na cidade de Senhor do Bonfim, na Bahia (que, como Salvador, celebra o Senhor do Bonfim no mês de janeiro), e a cidade mineira de Bocaiuva; lá, a festa acontece na segunda semana do mês de julho. Na cidade alagoana de Viçosa, a festa é realizada no dia 2 de fevereiro. Já na cidade paraibana de Pitimbu, a festa é realizada no último fim de semana de janeiro.

Igreja e paróquia Nosso Senhor do Bom Fim. Bonfim, Santa Maria / RS, Brasil.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.