Bocaiuva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Bocaiuva (desambiguação).
Bocaiuva
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Bocaiuva
Bandeira
Brasão de armas de Bocaiuva
Brasão de armas
Hino
Lema A paz é o nosso lema eterno
Gentílico bocaiuvense [1]
Localização
Localização de Bocaiuva em Minas Gerais
Localização de Bocaiuva em Minas Gerais
Bocaiuva está localizado em: Brasil
Bocaiuva
Localização de Bocaiuva no Brasil
Mapa de Bocaiuva
Coordenadas 17° 06' 28" S 43° 48' 54" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Municípios limítrofes Montes Claros, Engenheiro Navarro, Glaucilândia, Diamantina, Olhos-d'Água, Carbonita, Turmalina, Botumirim, Itacambira, Guaraciama e Claro dos Poções
Distância até a capital 369 km[2]
História
Fundação 30 de outubro de 1884 (137 anos)
(torna-se cidade)[3]
Administração
Prefeito(a) Roberto Jairo Torres[4] (AVANTE, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [7] 3 232,660 km²
População total (IBGE/2013[8]) 48 974 hab.
Densidade 15,1 hab./km²
Clima semiárido [5] (Bsh)
Altitude 698 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 39390-000 a 39396-999[6]
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [9]) 0,736 alto
PIB (IBGE/2008[10]) R$ 348 575,069 mil
PIB per capita (IBGE/2008[10]) R$ 7 527,64
Sítio bocaiuva.mg.gov.br (Prefeitura)
camarabocaiuva.cam.mg.gov.br (Câmara)

Bocaiuva é um município brasileiro situado no interior do estado de Minas Gerais, cerca de 369 km[2] ao norte da capital Belo Horizonte. É a sexta cidade mais populosa do Norte de Minas e a 69ª do estado, com população estimada em 2013 em 48974 habitantes.[8]

Fica na bacia hidrográfica do Rio Jequitinhonha.

História[editar | editar código-fonte]

A lei provincial nº 2.214, de 3 de março de 1876, criou o distrito de Jequitaí, futuramente subordinado, conforme a lei estadual nº 2, de 14 de setembro de 1891, ao município de Montes Claros.[3]

Em 1884, a lei provincial nº 3.276, de 30 de outubro, elevou o distrito à condição de cidade e a denominou Conceição de Jequitaí, topônimo novamente alterado pela lei provincial nº 3.442, de 20 de setembro de 1887, quando a cidade volta a se chamar Jequitaí. Em 1890, já sob o regime republicano, o município adotou o nome atual, conforme decreto estadual nº 90, de 4 de junho.[3]

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Existem duas versões a respeito da origem do nome "Bocaiuva": uma remete à palmeira Macaúba (nome científico Acrocomia aculeata, também conhecida como bocaiúva)[11] e a outra ao abolicionista e jornalista Quintino Bocaiuva. Entretanto, esse jornalista em nada contribuiu para o nome da cidade, visto que a abundância da palmeira "bocaiúva" na região é o que de fato deu origem ao nome do município mineiro.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Bocaiuva possui uma das melhores infra-estruturas sanitárias do Norte de Minas, asfaltamento em mais de 80% das ruas e tem a segunda melhor arrecadação norte-mineira. De acordo com o IBGE, em 2010 Bocaiuva tinha a população residente de 46.654 habitantes, sendo 23.366 homens e 23.288 mulheres[12].

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes aos períodos de 1979 a 1986, 1988, 1990 a 1991 e 1993 a 1997, a menor temperatura registrada em Bocaiuva, no povoado de Engenheiro Dolabela, foi de 0 °C em junho de 1997, nos dias 10 e 30,[13] e a maior atingiu 38,9 °C em 1° de novembro de 1984.[14] O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 125,3 milímetros (mm) em 21 de novembro de 1994, seguido por 115,6 mm em 28 de dezembro de 1985.[15] Janeiro de 1985, com 529,8 mm, foi o mês de maior precipitação.[16]

Dados climatológicos para Bocaiuva (Engenheiro Dolabela)
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 37,1 36,6 37,9 37,4 34,3 32,6 32,1 36,9 38,7 38,5 38,9 37,5 38,9
Temperatura máxima média (°C) 30,7 31,5 31 29,8 28,6 27,9 27,4 29,1 30,8 31,6 30,4 29,7 29,9
Temperatura média compensada (°C) 24,2 24,8 24,4 23 21,2 19,4 19,3 20,8 23,1 23,6 24 - -
Temperatura mínima média (°C) 18,2 18,6 18,6 16,5 14 11,5 11,7 12,4 15,7 17,7 18,1 18,2 15,9
Temperatura mínima recorde (°C) 12,1 10,6 11 7,8 5 0 2,8 3 7,2 9 10,1 11 0
Precipitação (mm) 214,7 76,2 117,3 43,7 5,9 7,3 9,6 2,9 23,9 57,6 176,8 206,5 942,3
Dias com precipitação (≥ 1 mm) 11 7 9 3 1 1 1 1 2 - 13 - -
Umidade relativa compensada (%) 78 73,9 76,8 75,1 73,1 70,8 67,1 64,7 65 67,4 72,8 78 71,9
Horas de sol 187,1 221,3 204,7 223,2 229,8 238,9 242,7 239,7 215 195,6 162,9 151,7 2 512,6
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) (normal climatológica de 1981-2010;[17] recordes de temperatura:
01/06/1979 a 31/12/1986, 01/01/1988 a 31/12/1988, 01/01/1990 a 31/12/1991 e 01/01/1993 a 30/09/1997)[13][14]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «IBGE Cidades@». O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de agosto de 2009 
  2. a b «Distâncias entre Municípios de Minas». Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Consultado em 1 de dezembro de 2011 
  3. a b c «Bocaiúva». IBGE Cidades. Consultado em 5 de fevereiro de 2022 
  4. «Candidatos a vereador Bocaiuva-MG». Estadão. Consultado em 29 de maio de 2021 
  5. «World Map of the Köppen-Geiger climate classification». World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Consultado em 24 de fevereiro de 2010 
  6. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  7. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  8. a b «IBGE| Minas Gerais | Bocaiúva». Consultado em 24 de novembro de 2013 
  9. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  10. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  11. «Macaúba, bocaiúva, macaiba ou coco-baboso (Acrocomia aculeata)». Cerratinga. Consultado em 1 de março de 2016 
  12. «IBGE | Cidades | Infográficos | Minas Gerais | Bocaiúva | Dados Gerais». cod.ibge.gov.br. Consultado em 11 de dezembro de 2016 
  13. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura mínima (°C) - Eng Dolabela (Bocaiuva)». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 8 de julho de 2018 
  14. a b «BDMEP - série histórica - dados diários - temperatura máxima (°C) - Eng Dolabela (Bocaiuva)». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 8 de julho de 2018 
  15. «BDMEP - série histórica - dados diários - precipitação (mm) - Eng Dolabela (Bocaiuva)». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 8 de julho de 2018 
  16. «BDMEP - série histórica - dados mensais - precipitação total (mm) - Eng Dolabela (Bocaiuva)». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 8 de julho de 2018 
  17. «NORMAIS CLIMATOLÓGICAS DO BRASIL». Instituto Nacional de Meteorologia. Consultado em 8 de julho de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.