Itacambira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Itacambira
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 30 de dezembro de 1962
Gentílico itacambirano [1]
Prefeito(a) Marcelo Leão Ferreira (PSDB)
(2009–2012)
Localização
Localização de Itacambira
Localização de Itacambira em Minas Gerais
Itacambira está localizado em: Brasil
Itacambira
Localização de Itacambira no Brasil
17° 03' 54" S 43° 18' 32" O17° 03' 54" S 43° 18' 32" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008 [2]
Microrregião Grão Mogol IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Grão Mogol, Juramento, Guaraciama, Bocaiúva, Botumirim,Francisco Sá
Distância até a capital 509 [3]  km
Características geográficas
Área 1 788,052 km² [4]
População 4 982 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 2,79 hab./km²
Altitude 1480 m
Clima Tropical de Altitude [6]  Cwb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,668 médio PNUD/2000 [7]
PIB R$ 25 982,838 mil IBGE/2008[8]
PIB per capita R$ 4 960,45 IBGE/2008[8]
Página oficial

Itacambira é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, situado a uma altitude de 1.048 m. O município, fundado em 1962, tem um total de 4.526 habitantes numa área de 1.795,7 km². Portanto, com uma densidade de 2,5 hab/km².

Turismo[editar | editar código-fonte]

Entre as atrações está a Matriz de Santo Antônio, uma construção iniciada na primeira metade do século XVIII. O interior dela causa impacto visual pelo aspecto despojado e diferente das apresentações estéticas de templos católicos. Em 2009, o IEPHA entregou as obras de restauração de nove imagens sacras, além do retábulo-mor, oratório da sacristia, quatro oratórios da nave, púlpito, coro e a balaustrada da nave [9] . A igreja chegou a guardar as "múmias de Itacambira" [10] . Próximo a Itacambira encontram-se diversas cachoeiras contabilizando um total de sete quedas d'água.

Referências

  1. «IBGE Cidades@». O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 19 de agosto de 2009. 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  3. «distancias-bhmunicipios». Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Consultado em 19 de agosto de 2009. 
  4. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  6. «World Map of the Köppen-Geiger climate classification». World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Consultado em 24 de fevereiro de 2010. 
  7. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  8. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  9. Fazenda Boa Esperança - IEPHA, 4 de outubro de 2009 (visitado em 5-3-2010)
  10. Saga das esmeraldas deu origem a Itacambira - Terra Azul, (visitado em 5-3-2010)
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.