Iluminação ióguica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Iluminação através do yoga incluem os seguintes elementos:

1. Um deslocamento através da meditação Samadhi, na consciência, onde a pensamento-narrativo não é percebido como o si mas como uma ferramenta mental. Neste estado o si é percebido como a consciência que experimenta os pensamentos.,[1] ,[2]

2. Um equilíbrio ou "positividade emocional", conhecido dentro Budismo como o conceito de amando a bondade.

3. Uma transformação sensorial neurologica conhecida como a ascensão da kundalini. Um processo de meditação, onde o Stress é liberado do sistema, tendo por resultado sentidos ampliados, pela ativação de diversos centros do prazer no cérebro, e de uma tensão operando em um nervo mais elevado. [3]

4. O processo onde uma pessoa é dita abrir seu coração e se render completamente de modo que todo o negativismo possa ser removido e trazido mais perto completamente de deus.[4]

Referências

  1. Eckhart Tolle "The Power of Now", (língua inglesa)
  2. Patanjali "Yoga Sutras"
  3. John Whit "kundalini", artigo de antologia sobre kundalini
  4. Irmansyah Effendi "Reiki Tummo", publicado por Yayasan (2004)

Ver também[editar | editar código-fonte]