Institut national des sciences appliquées

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Institut national des sciences appliquées
Fundação 1957
Localização Lyon, Ruão, Toulouse, Estrasburgo, Rennes, França
Total de Estudantes 10200
Doutorado 1100
Afiliações CGE, CDEFI
Página oficial http://www.insa-france.fr/

Os Instituts Nationaux des Sciences Appliquées (INSA), em Português, Institutos Nacionais das Ciências Aplicadas, são estabelecimentos públicos franceses de pesquisa e ensino superior. Sendo a maior organização formadora de engenheiros na França (12% dos engenheiros), o INSA entrega sobretudo o diplôme d’ingénieur[nota 1] após cinco anos de estudos.

Os cinco institutos estão sob tutela do ministro do ensino superior francês e são classificados como Établissement public à caractère scientifique, culturel et professionnel[nota 2] , ou seja são instituições do ensino superior fora das universidades francesas.[1] [nota 3]

O INSA de Estrasburgo e o INSA de Lyon formam também arquitetos através de um curso especial.

Criados recentemente, os INSAs possuem essencialmente um objetivo social que é de possibilitar o acesso do maior número possível de estudantes ao ensino superior de qualidade, independentemente de suas origens. Na época de sua criação, os estudantes dispunham de uma quitinete e de taxas de matrícula reduzidas, permitindo às classes média e popular o acesso ao ensino superior.[2]

Entretanto, as taxas de inscrição são hoje similares às que se aplicam nas outras universidades públicas.[3]

A organização desta rede de universidades está ligada à política de descentralização francesa. O primeiro INSA inaugurado, o INSA de Lyon, foi em 1957, seguido pelo INSA de Toulouse em 1963, INSA de Rennes em 1966, INSA de Ruão em 1985, e finalmente o INSA de Estrasburgo em 2003. Essa rede deveria compreender um instituto em Lille, que foi efetivamente construído e ligado ao Institut industriel du Nord, e também um estabelecimento em Argel, transferido durante sua construção à nova República da Argélia. Outro instituto que ainda não pertence ao INSA for inaugurado em 1996 em Túnis, capital da Tunísia. Este foi criado graças à cooperação franco-tunisiana na área do ensino superior. Era uma vontade da França de expandir o sistema de formação Ingénieur[nota 4] com cursos preparatórios integrados.

Após dois anos de cycle préparatoire intégré[nota 5] , essas universidades propõem diversas especialidades: Topografia, Engenharia industrial, Energia e meio ambiente, Engenharia civil, Biologia, Química, Ciência da computação, Eletrônica, Matemática, Mecânica, Física, Telecomunicação, Ciência dos materiais, entre outras.

Certos INSAs propõem a seus estudantes um curso internacional durante o cycle préparatoire (EURINSA, ASINSA, AMERINSA, NORGINSA, entre outros). Nesses cursos, os estudantes franceses e estrangeiros são agrupados em promoções comuns. Também é possível em certos institutos a prática de esporte de alto nível (seção sport-études), ou ainda a formação artística (musique-études, danse-études, théâtre-études, arts-plastiques-études, techniques-études, etc).

A Fédération des ingénieurs INSA[nota 6] edita uma revista chamada INTERFACE, que apresenta as atividades de todas filiais da federação.

Lista de universidades[editar | editar código-fonte]

Fundadoras[editar | editar código-fonte]

Parceiras[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Diploma de engenheiro
  2. Estabelecimento público de natureza científica, cultural e profissional
  3. Na França, o ensino superior é dividido em dois tipos de estabelecimentos: universidades e grandes écoles. No restante deste artigo, considera-se que INSA é uma rede de universidades.
  4. Engenheiro
  5. O ciclo preparatório integrado corresponde aos dois primeiros anos de estudos de engenharia que ocorre no mesmo estabelecimento universitário em que o aluno prosseguirá seus estudos.
  6. Federação dos engenheiros do INSA, que agrupa as associações de antigos alunos de cada INSA.

Referências

  1. (em francês) PDF Décret n°90-219 du 9 mars 1990 relatif aux instituts nationaux des sciences appliquées. www.legifrance.gouv.fr.
  2. (em francês) Les origines sociales des Insaliens (§1.2). leshumas.insa-lyon.fr. Página visitada em 26/11/2010.
  3. (em francês) Palmarès 2012 des écoles d'ingénieurs après bac. l'Étudiant (2012). Arquivado do original em 04/01/2012. Página visitada em 04/01/2012.