Instituto Avaí Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Instituto Avaí Futebol Clube é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) de responsabilidade social e foi fundado em Janeiro de 2006.
Com o objetivo de apoiar e desenvolver ações de promoção desportiva, cultural, educacional e inclusão social, visando sempre preservar e desenvolver o patrimônio físico e humano do Avaí Futebol Clube, o Instituto Avai segue promovendo atividades junto a seu quadro de funcionários e a comunidade.
É o primeiro clube brasileiro[1] a possuir um instituto desse tipo, seguindo o bom exemplo de outros grandes clubes da mundo.

História[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2006 funcionários, diretores e torcedores do Avaí Futebol Clube, resolveram seguir o bom exemplo utilizado por outros clubes do mundo em criar institutos dos clubes de futebol para realização de ações sociais, educacionais, saúde e prática desportiva, de modo a promover a inserção social de jovens carentes. Exemplos destes são a Fundação River Plate, Fundação Barcelona e Instituto Real Madrid[2].

A ideia surgiu devido a grande demanda de ações sociais que recaiam sobre o clube e foi pioneira entre clubes brasileiros.

Desde o início o Instituto Avaí vem agindo junto às comunidades carentes da grande Florianópolis e de toda Santa Catarina, bem como em projetos esportivos, educativos e culturais.

Diretoria[editar | editar código-fonte]

  • Presidente

Brasil Luciano Correa

  • Diretor Administrativo

Brasil Maria de Lourdes da Silva

 
  • Diretor Financeiro

Brasil Ivonira Ivone da Costa

  • Diretor Jurídico

Brasil Sandro Barreto

  • Assessor de Imprensa

Brasil Gastão Dubois

Projetos[editar | editar código-fonte]

Dentre vários projetos já realizados pelo Instituto Avaí, destacam-se alguns como a Copa Avaí[3], o Memorial dos Atletas, Museu do Avaí, o projeto social Chuteira de Ouro[4], o Jogo da Paz (amistoso entre Avaí e Seleção Jamaicana[5]) e a iniciação de uma classe de supletivo (1º grau) e aulas de informática para crianças carentes.

Um dos projetos de mais destaque para o Instituto, foi o Centro de Inclusão Digital criado no Estádio da Ressacada. O centro atende os atletas, funcionários, familiares e os moradores dos locais próximos ao estádio. Além dos computadores a disposição dos alunos, os mesmos se beneficiam ainda com a possibilidade de pesquisas e estudos nos livros da Biblioteca do Avaí, anexa ao centro. Este projeto, assim como a Copa Avaí, rendeu ao Instituto o certificado de registro de entidade de atendimento aos direitos da criança e do adolescente, previsto no artigo 91 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei Federal 8069/90), o artigo 4º da Lei Municipal 3794/92 e a Resolução 105/2005 e concedido pela CMDCA (Conselho Municipal da Criança e do Adolescente)[6].

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]