Instituto Nacional de Linguística

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Instituto Nacional de Linguística
(Institutu Nasionál Linguístika nian)
(INL)
Tipo Instituto regulador das línguas regionais de Timor-Leste
Fundação 2001
Sede Díli, Timor-Leste
Línguas oficiais Língua tétum
Diretor Benjamim de Araújo e Côrte-Real

O Instituto Nacional de Linguística (em tétum: Institutu Nasionál Linguístika nian; INL) é a instituição timorense oficialmente responsável pelo estudo e desenvolvimento da língua tétum e das restantes línguas regionais faladas no país. Tem como diretor Benjamim de Araújo e Côrte-Real, ex-reitor da Universidade Nacional Timor Lorosa'e.[1]

Foi criado em 2001 como iniciativa do governo de Timor-Leste e da comunidade internacional.[2]

O INL está ligado à Faculdade de Educação, Artes e Humanidades, sendo um instituição orgânica da Universidade Nacional Timor Lorosa'e, e tem a sua sede no edifício Liceu Dr. Francisco Machado.[1]

Através do decreto n.º 1 de 14 de abril de 2004 do governo de Timor-Leste, o INL foi incumbido de ser o "guardião científico do tétum oficial, (...) baseado no tétum-praça". Esta mesma legislação estabeleceu como padrão ortográfico o tétum oficial desenvolvido pelo INL.[3]

Referências

  1. a b «Instituto Nacional de Linguística». Universidade Nacional Timor Lorosa'e. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  2. Hull, Geoffrey; Eccles, Lance (2005). Gramática da Língua Tétum. Lisboa: Lidel. ISBN 978-972-757-287-8 
  3. Alkatiri, Mari Bim Amude (14 de abril de 2004). «Decreto n.º 1 de 14 de abril de 2004» (PDF). Governo de Timor-Leste. Jornal da República 
Ícone de esboço Este artigo sobre academias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.