Mari Alkatiri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mari bim Amude Alkatiri
Mari bim Amude Alkatiri
Primeiro ministro de Timor-Leste
Período 20 de maio de 2002 - 26 de junho de 2006
Antecessor(a) Nicolau dos Reis Lobato
Sucessor(a) José Ramos-Horta
Primeiro ministro de Timor-Leste
Período 14 de setembro de 2017 - presente
Antecessor(a) Rui Maria de Araújo
Dados pessoais
Nascimento 26 de novembro de 1949 (68 anos)
Díli, Timor Português
Partido FRETILIN
Profissão político e consultor jurídico

Mari Bim Amude Alkatiri GCIH (nascido a 26 de Novembro de 1949, em Díli) é o atual primeiro-ministro de Timor-Leste e secretário-geral do partido FRETILIN.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Alkatiri estudou em Angola e Moçambique. É um dos membros fundadores da FRETILIN, o movimento de resistência contra a ocupação Indonésia. Tornou-se primeiro-ministro de Timor-Leste a 20 de Maio de 2002[1].

A 14 de Fevereiro de 2006 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique de Portugal.[2]

Demitiu-se a 26 de Junho de 2006 [3] no decurso da crise política timorense de 2006.

Em 14 de setembro de 2017 foi indigitado pelo presidente Francisco Guterres como novo primeiro-ministro de Timor-Leste[4].

Referências

  1. Decreto do Presidente da República N.°1/2002.
  2. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Mari Alkatiri". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 4 de abril de 2015 
  3. Agência Lusa (2006). "Alkatiri deixa chefia do governo após 'braço de ferro' com Xanana". Acedido a 26 de Junho de 2006.
  4. Timor-Leste: Presidente assina decreto de indigitação de Mari Alkatiri como primeiro-ministro. Observador On Time. 2017
Precedido por
Nicolau dos Reis Lobato
Primeiro ministro de Timor-Leste
2002 - 2006
Sucedido por
José Ramos-Horta
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.