Instituto Radiotécnico Monitor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
IM
Instituto Monitor
Tipo ensino a distância
Fundação 1939 (78 anos)
Localização Brasil
Unidades São Paulo (10 unidades), Rio de Janeiro e Curitiba
Patrono(a) Roberto Palhares
Apelido INSTITUTO MONITOR
Página oficial http://www.institutomonitor.com.br/

O Instituto Radiotécnico Monitor, hoje Instituto Monitor, foi fundado em outubro de 1939, pelo imigrante húngaro Nicolás Goldberger, em São Paulo. Este instituto foi considerado a escola pioneira na implantação da educação a distância no Brasil. As experiências brasileiras, governamentais e privadas, estavam se organizando e representaram, nas últimas décadas, a mobilização de diversos recursos educacionais.[1]

O primeiro curso oferecido pelo Instituto Radiotécnico Monitor foi composto por apostilas e um kit que permitia ao final da formação, a construção de um modelo simples de rádio caseiro. O curso de eletrônica contribuiu em transformar a atual região da Santa Efigênia em São Paulo em um polo atrativo de produtos eletrônicos.[2]

Atualmente, o Instituto informa ter matriculado mais de 6 milhões de alunos em sua história e sua matriz encontra-se na região do Parque D.Pedro, no Brás. A escola atua em cursos Superiores, Técnicos, de Suplência e Profissionalizantes. Funciona em três matrizes, sendo-as: São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, além dos dez polos no interior do Estado de São Paulo.[3]

Referências

  1. MARQUES, C. Ensino a distância começou com cartas a agricultores. Folha de S.Paulo, 2004. Disponível em http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u16139.shtml
  2. «Nossa História». Consultado em 3 de junho de 2013 
  3. «História EAD» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]