Interpreter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde outubro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde outubro de 2016)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Definição[editar | editar código-fonte]

Interpreter é um dos padrões de projeto de software, famosos como "Design Patterns", muito utilizado para a resolução de problemas quando a modelagem de sistemas ou softwares. Esse padrão esta incluso na categoria de Padrão Comportamental, ou seja, ele busca solucionar problemas de modelagem que tratam o comportamento de classes.

Intenção[editar | editar código-fonte]

Dada uma determinada linguagem, o padrão Interpreter define uma representação para sua gramática juntamente com um interpretador que usa a representação para interpretar sentenças na língua. Ou mapear um domínio para uma língua, a língua para uma gramática e a gramática para um projeto de design hierárquico orientado a objetos.

Problema[editar | editar código-fonte]

O padrão Interpreter busca em geral resolver o seguinte problema: que uma classe de problemas ocorre repetidamente em um domínio bem definido e bem compreendido. Se o domínio for caracterizado como uma linguagem, então os problemas poderiam ser facilmente resolvidos com uma interpretação da engine.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O padrão Interpreter sugere modelar o domínio com uma gramática recursiva. Cada regra na gramática é tanto um 'composite' (uma regra que referencia outras regras) ou um 'terminal' (uma folha/nó numa estrutura de árvore). O Interpreter baseia-se na travessia recursiva do padrão Composite para interpretar as 'sentenças' que ele deve processar.

Diagrama representando o uso do padrão Interpreter.
Uso do padrão Interpreter.

Exemplo[editar | editar código-fonte]

O padrão Interpreter define uma representação gramatical de uma linguagem e um intérprete para realizar a interpretação da gramática. Os músicos são exemplos de Interpreters. O tom de um som e sua duração podem ser representados em notação musical em uma pauta. Esta notação fornece a linguagem da música. Músicos tocando a música da partitura são capazes de reproduzir o tom original e duração de cada som representado.


Casos de uso[editar | editar código-fonte]

  • Formato das consultas em banco de dados especializados como em SQL.
  • Formato de mensagens usados pelos protocolos de comunicação.
  • Tradução/conversão de linguagens ou símbolos para outra linguagem como números romanos para números decimais.
  • Uso em expressões regulares ou XML.
  • Uso de interpretação de formato em datas como DD-MM-AAAA ou MM-DD-AAAA.

Consequências[editar | editar código-fonte]

  • Baixa freqüência de uso.
  • Fácil extensão ou alteração da gramática.
  • Implementar uma regra gramatical é fácil.
  • É possível adicionar várias vias de interpretação.

Referência[editar | editar código-fonte]

https://sourcemaking.com/design_patterns/interpreter[1]

http://www.dofactory.com/net/interpreter-design-pattern[2]

http://alumni.media.mit.edu/~tpminka/patterns/Interpreter.html[3]

Design Patterns: Elements of Reusable Object-Oriented Software[4]


Ícone de esboço Este artigo sobre programação de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  1. «Design Patterns and Refactoring». sourcemaking.com. Consultado em 2016-09-29. 
  2. «Interpreter .NET Design Pattern in C# and VB - dofactory.com». dofactory.com. Consultado em 2016-10-02. 
  3. «(Tree-Structured) Interpreter Pattern». MIT. Consultado em 2016-10-02. 
  4. «Design Patterns: Elements of Reusable Object-Oriented Software.». Erich Gamma; Richard Helm; Ralph Johnson; John Vlissides.