Isaac Alonso Estraviz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O dicionarista Isaac Alonso Estraviz

Isaac Alonso Estraviz é um lexicógrafo galego, que participou como um dos observadores galegos das reuniões que levaram ao Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990). Nascido em 1935, licenciou-se em Filologia Românica em 1977 e doutorou-se em Filologia Galega pela Universidade de Santiago de Compostela em 1999. Atualmente é professor de Didática da Língua e Literatura Galegas na Universidade de Vigo (campus de Ourense), membro da Comissão Linguística da Associação Galega da Língua (partidária do reintegracionismo ou aproximação do galego ao português) e do conselho de redação da revista Agália, ademais de vice-presidente da Academia Galega da Língua Portuguesa.

Outros dados[editar | editar código-fonte]

Em 1986 formou parte da delegação galega que viajou ao Rio de Janeiro para participar, com a categoria de observadora, no Encontro sobre a Unificação Ortográfica da Língua Portuguesa, cujas negociações culminaram quatro anos mais tarde na assinatura do Acordo Ortográfico de 1990.

Como lexicógrafo, é autor de várias obras sobre o léxico galego, merecendo especial destaque o Dicionário da língua galega (Ed. Sotelo Blanco, 1995), redigido originariamente na normativa do galego chamada de reintegracionismo de mínimos e anos depois adaptada para o reintegracionismo de máximos (mais próximo da ortografia portuguesa). O dicionário elaborado por Estraviz está permanentemente disponível para consulta livre na Internet, sob o nome de Dicionário Estraviz.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Contos con reviravolta: arando no mencer, Castrelos, 1973
  • Dicionário galego ilustrado "Nós", Nós, 1983
  • Dicionário da língua galega, Alhena, 1986
  • Estudos filológicos galegoportugueses, Alhena, 1987
  • Dicionário da língua galega, Sotelo Blanco, 1995
  • Os intelectuais galegos e Teixeira de Pascoães: epistolário, Ed. do Castro, 2000. Esta obra foi realizada em colaboração com junto com Eloísa Álvarez, da Universidade de Coimbra (Portugal).

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Página de recursos linguísticos da Câmara Municipal de Vigo (inclui o dicionário e-Estraviz) (aqui)
  • Biografia de Isaac Alonso Estraviz no portal da Associaçom Galega da Língua (aqui)
  • Entrevista com Isaac Alonso Estraviz no diário da Universidade de Vigo (aqui)
  • Publicações de Isaac Alonso Estraviz no córpus bibliotecário da Universidade da Rioja (Espanha) (aqui)
  • Notícia do lançamento do e-Estraviz num dos principais portais da diáspora galega (aqui)
  • Notícia do lançamento do e-Estraviz no Portal da Cultura Galega (dependente do governo regional da Galiza) (aqui)