Iskandar Khatloni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Iskandar Khatloni
Nascimento 12 de outubro de 1954
Kulob
Morte 21 de setembro de 2000 (45 anos)
Moscou
Sepultamento Tajiquistão
Cidadania União Soviética, Tajiquistão
Alma mater Instituto de Literatura Maxim Gorky
Ocupação jornalista, poeta, tradutor, escritor, político

Iskandar Khatloni (outubro de 1954 - 21 de setembro de 2000) foi um jornalista do Tajiquistão que trabalhou para a Radio Free Europe.[1]

Foi assassinado em Moscovo, capital da Rússia, quando cobria a Segunda Guerra na Chechênia.[2][3][4]

Referências

  1. «Journalist killed». International Press Institute. 2000. Consultado em 10 de março de 2008. Arquivado do original em 22 de outubro de 2007 
  2. «RFE/RL Journalist Slain in Moscow». Radio Free Europe. 2000. Consultado em 10 de março de 2008. Arquivado do original em 17 de fevereiro de 2008 
  3. «Dine Decries Murder Of RFE/RL Journalist». Radio Free Europe. 2000. Consultado em 10 de março de 2008. Arquivado do original em 17 de fevereiro de 2008 
  4. «Journalist Murdered In Moscow». Committee to Protect Journalists. 2000. Consultado em 10 de março de 2008 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.