Iván Ríos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Iván Ríos

Manuel de Jesús Muñoz Ortiz, mais conhecido como Iván Ríos, ou também conhecido como José Juvenal Velandia[1] (La Plata, Huila, 19 de dezembro de 1961Colômbia, 5 de março de 2008)[2] foi um guerrilheiro colombiano, chefe do bloco central das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia e o chefe mais jovem desta guerrilla no Alto Comando Central.

Iván Ríos foi assassinado em 5 de março de 2008. A morte foi registrada entre as localidades de Sonsón (Antioquia) e Aguadas (Caldas).[3]

Referências

  1. «"Iván Ríos", segundo miembro de cúpula FARC muerto en menos de una semana». Terra Networks. 9 de março de 2008. Consultado em 9 de março de 2008. 
  2. «Las FARC matan a uno de sus jefes». El País (Espanha). 7 de março de 2008. Consultado em 8 de março de 2008. 
  3. «Guerrillero cuenta por qué mató y cortó la mano a jefe de FARC». AP via Yahoo! News. 8 de março de 2008. Consultado em 8 de março de 2008. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.