Jean Auel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jean Auel
Nome completo Jean Marie Untinen-Auel
Nascimento 18 de fevereiro de 1936 (79 anos)
Chicago, Illinois
Residência Portland
Nacionalidade  Estados Unidos
Cônjuge Ray Bernard Auel
Filho(s) 5
Ocupação Escritora
Gênero literário infantil

Jean Marie Auel, nascida Jean Marie Untinen (Chicago, 18 de fevereiro de 1936), é uma escritora estadunidense, mais conhecida por ser uma autora de livros sobre pré-história, onde retrata situações em que o Homem de Cro-Magnon convive com o Homem de Neanderthal em romances ambientados na Europa, em livros que venderam 34 milhões de cópias em todo o mundo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Jean Marie Untinen era a segunda filha de Neil Solomon Untinen, pintor de casas, e Martha Wirtanen. Casou-se com Ray Bernard Auel,[1] [2] [3] com quem teve cinco filhos, e mora em Portland.

Auel é membro da Mensa desde 1964.[4] Ela cursou a Portland State University e a University of Portland. Quando estudante trabalhou como caixa (1965-1966), como pintora de placas de trânsito (1966-73), redatora (1973-74) e gerente de crédito na Tektronix Corporation. Obteve o MBA em 1976, e também conquistou graduações honorárias na University of Maine e na Mount Vernon College for Women.

Em 1977 a Sra. Auel iniciou uma extensa pesquisa bibliográfica sobre a Era do Gelo para seu primeiro livro. Em seguida juntou-se a um grupo de aprendizado de técnicas de sobrevivência para aprender como construir um abrigo no gelo, os métodos primitivos para a produção de fogo, curtição do couro e, finalmente, polimento de pedras com o especialista em cultura indígena, Jim Riggs. Auel o descreve como "o tipo de pessoa que você coloca nu em um ponto do deserto, e ele sairá do outro vestida, alimentada e protegida." A obra resultante - "The Clan of the Cave Bear" (O Clã do Urso da Caverna) foi indicado para numerosos prêmios literários, inclusive a indicação para melhor livro de estreia da American Booksellers Association.[5]

Após o sucesso das vendas de seu primeiro livro, Auel pode viajar para sítios de ruínas e relíquias pré-históricas, e também visitar a maioria dos especialistas com quem havia se correspondido. Sua pesquisa levou-a através de toda a Europa, partindo da França até a Ucrânia, inclusive por aquilo que Marija Gimbutas chamou de "Europa Antiga". Desenvolveu estreita amizade com o Dr. Jean Clottes, de França, que foi responsável, entre outras coisas, pela descoberta da Caverna de Cosquer, em 1985, e da Caverna de Chauvet, em 1994.[6] [7] .

Os livros da autora são publicados pela Bantam Books. No Brasil foram editados pela editora Record (por sua afiliada, chamada BestBolso)[8]

Bibliografia da autora[editar | editar código-fonte]

  1. The Clan of the Cave Bear, 1980 (Br: Ayla, a filha das cavernas; Pt: O Clã do Urso das Cavernas)
  2. The Valley of Horses, 1982 (Br e Pt: O Vale dos Cavalos)
  3. The Mammoth Hunters, 1985 (Br: Os caçadores de mamute; Pt: Os Caçadores de Mamutes (vol I e II) )
  4. The Plains of Passage, 1990 (Br: Planície de passagem; Pt: Planícies de Passagem (vol I e II) )
  5. The Shelters of Stone, 2002 (Br: O abrigo de pedra)
  6. The Land of Painted Caves, 2011 (Pt: A Mãe Terra)

Referências

  1. Middlebury College, Middlebury (2004). Literature Resource Center. Visitado em 14/3/2007.
  2. in Contemporary Authors. (A profile of the author's life and works). "Jean M(arie) Auel," .
  3. brought to you by ECfans.com and The AuelPage!. The Jean Auel FAQ.
  4. (julho 2004) "They're Accomplished, They're Famous, and They're MENSANS". Mensa Bulletin 476: 27. American Mensa. ISSN 0025-9543.
  5. Q&A. Jean M. Auel.
  6. Entrevista Jean M. Auel (Vídeo).
  7. "An Evening With Jean Auel".
  8. Catálogo das obras de Jean M. Auel. Visitado em 7/4/2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]