Jiří Veselý

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tenista Jiří Veselý
Jiri Vesely (9592191945).jpg
Jiří Veselý
País  República Checa
Residência Březnice, República Tcheca
Data de nasc. 24 de dezembro de 1989 (27 anos)
Local de nasc. Příbram, República Tcheca
Altura 1,98 m
Profissionalização 2009
Mão Canhoto
Prize money $704,530
Simples
Vitórias-Derrotas 74–88
Títulos 1
Melhor ranking N° 39 (29 de janeiro de 2015)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália 1R (2014, 2015)
Roland Garros 2R (2014)
Wimbledon 3R (2014)
US Open 1R (2013, 2014)
Duplas
Vitórias-Derrotas 24–33
Títulos 1
Melhor ranking N° 123 (24 de novembro de 2014)
Resultados de Grand Slam de Duplas
Wimbledon 2R (2014)
US Open 2R (2013, 2014)
Torneios principais de duplas
Última atualização em: 26 de março de 2015.

Jiří Veselý (10 de julho de 1993, Příbram) é um tenista profissional da República Tcheca,[1] que já foi número 35 em simples e 94 em duplas no ranking mundial da ATP.[2] Durante sua carreira já conquistou 2 títulos nível ATP, sendo 1 em simples e 1 em duplas.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Juvenil[editar | editar código-fonte]

O tcheco Veselý já foi o tenista número 1 do ranking mundial masculino juvenil.

Em 2010, ele foi vice-campeão juvenil em duplas do Grand Slam do US Open. Já em 2011, ele foi campeão juvenil em simples do Grand Slam do Open da Austrália e vice-campeão em simples do US Open. Também em 2011, ele foi campeão juvenil em duplas do Grand Slam do Open da Austrália e foi vice-campeão juvenil em duplas do Torneio de Wimbledon.

Profissional[editar | editar código-fonte]

Em 17 de janeiro de 2015, o tcheco Jiri Vesely, que ao longo do caminho eliminou o letão Ernests Gulbis, segundo cabeça de chave, voltou a surpreender e conquistou o título do ATP 250 de Auckland (Nova Zelândia) ao vencer o francês Adrian Mannarino por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-2. Assim, então com 21 anos, ele, que entrou na chave principal em Auckland através do qualifying, derrotou Mannarino em 1h07min e obteve o primeiro título da carreira no circuito profissional.[4] Com a conquista, Veselý chegou ao 39º posto do ranking mundial com seu primeiro troféu de ATP.

No dia 26 de abril de 2015, o espanhol Guillermo García-López, 45º do mundo, venceu o tcheco Jiri Vesely, 46º, e sagrou-se campeão do ATP 250 de Bucareste, ao marcar 2 sets a 0, parciais de 7/6(5) e 7/6(11), em partida que teve 2h14min de duração. Vesely aceitou a derrota, mas aceitou que ainda lhe faltava experiência para disputar de igual para igual com seus adversários. “Eu estou no início da minha carreira e um título aqui em Bucareste teria significado muito para mim, mas é a vida”, declarou.[5]

No dia 13/04/2016, o tcheco Jiri Vesely, número 55 do mundo, protagonizou a maior zebra do ano no tênis ao eliminar o sérvio Novak Djokovic, líder do ranking mundial, pela 2ª rodada do Masters 1000 de Monte Carlo. Djokovic, derrotado em três sets, parciais de 6-4, 2-6 e 6-4, só havia perdido uma partida nesta temporada, no torneio de Dubai, onde precisou abandonar com problemas no olho no duelo contra o espanhol Feliciano López. O sérvio não perdia uma partida de Masters 1000 desde agosto de 2015, quando foi superado pelo suíço Roger Federer em Cincinnati, e somava 22 vitórias consecutivas em torneios desta categoria.[6]

Desempenho em torneios ATP[editar | editar código-fonte]

Títulos (1)

Resultado Data Torneio Adversário na Final Placar
Campeão 17 de janeiro de 2015 Auckland, Nova Zelândia Adrian Mannarino 6-3, 6-2

Referências

  1. http://www.atpworldtour.com/Tennis/Players/Ve/J/Jiri-Vesely.aspx Perfil na ATP
  2. «Jiri Vesely | Rankings History | ATP World Tour | Tennis». ATP World Tour (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2016 
  3. «Jiri Vesely | Titles and Finals | ATP World Tour | Tennis». ATP World Tour (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2016 
  4. «Tcheco Jiri Vesely surpreende e conquista título do ATP 250 de Auckland». Terra. Consultado em 14 de abril de 2016 
  5. «Garcia-López supera Vesely e é campeão de Bucareste | Tênis Virtual | O Site do Tênis». www.tenisvirtual.com.br. Consultado em 14 de abril de 2016 
  6. «Djokovic eliminado por 55º do mundo na estreia em Monte Carlo». SuperFC. Consultado em 14 de abril de 2016