José Orlando Alves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

José Orlando Alves (Lavras, 13 de março de 1970) é um compositor erudito brasileiro.

Bacharelou-se em Composição Musical pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998). Mestre em Composição pela UFRJ (2001), sob a orientação da professora Marisa Resende. Doutor em Composição pela Universidade Estadual de CampinasUNICAMP (2005), sob a orientação do professor Jônatas Manzolli.

Participou dos Panoramas da Música Brasileira Atual (1994 a 1998) e das Bienais da Música Brasileira Contemporânea (1997 a 2003). Em 2001, no Concurso Nacional FUNARTE de Composição, ganhou o primeiro prêmio na categoria II – Duos, com a obra Pantomimas, para clarinete e fagote, e o 2.º prêmio na categoria IV – Quintetos, com a obra Quinctus, para quinteto de sopros. Participou, em 2001, do Encontro de Compositores e Intérpretes Latino-Americanos, realizado em Belo Horizonte.

Em 2003, foi premiado em primeiro lugar no VII Concurso Nacional de Composição do IBEU, com a obra Quantum; em 2005, recebeu Menção Honrosa no Concurso Nacional de Composição Camargo Guarnieri, realizado pela Orquestra Sinfônica da USP, com a obra Circinus; e em 2006, foi premiado em terceiro lugar no Concurso SESIMINAS de Composição para Orquestra de Câmara, realizado na cidade de Belo Horizonte.

Atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal da Paraíba e Coordenador do Laboratório de Composição Musical da UFPB - COMPOMUS.

Obras principais[editar | editar código-fonte]

  • Circinus (2005) – orquestra sinfônica.
  • Inserções IV (2005) – trompete e piano.
  • Sincrofonia II (2005) – marimba e flauta.
  • In Extremis (2004) – flauta e piano.
  • Inserções III (2004) – trombone e piano.
  • Sincrofonia (2004) – duo de percussão, clarinete e violoncelo.
  • Disposições Texturais (2003) – piano solo.
  • Inserções I (2003) – clarinete e piano.
  • Inserções II (2003) – flauta e piano.
  • Invariâncias (2003) – piano solo.
  • Prelúdio e Palíndromo (2003) – quarteto de trompetes.
  • Quantum (2003) – quinteto de sopros.
  • Pantomimas IV (2001) – clarinete e fagote.
  • Quinctus (2001) – quinteto de sopros.
  • Fanfarras (2000) – quatro trompas e quatro trompetes.
  • Fantasia para Trompa e Piano' (2000).
  • Pantomimas III (2000) – duo de fagotes.
  • Quinteto para Clarinete e Cordas' (2000).
  • Sonatina para Oboé e Piano (1999).
  • Concerto para Violão e Orquestra de Cordas (1998).
  • Fantasia (1997) – clarinete, trombone, violino, violoncelo e contrabaixo.
  • Fantasia para Metais e Piano (1997).
  • Pantomimas I (1997) – viola e contrabaixo.
  • Pantomimas II (1997) – duo de oboés.
  • Quinteto (1997) – clarinete, trombone, violino, violoncelo e contrabaixo.
  • Concertino para Oboé e Orquestra de Cordas (1996).
  • Fantasia para Oboé, Trompa e Piano (1995).
  • Pequena Suíte Brasileira (1995) – orquestra sinfônica.