José Santos Zelaya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Santos Zelaya
Presidente da Nicarágua
Período 25 de Julho de 1893
a 21 de Dezembro de 1909
Vice-presidente Jaime Morales Carazo
Antecessor(a) Joaquín Zavala
Sucessor(a) José Madriz
Dados pessoais
Nascimento 1 de novembro de 1853
Manágua, Nicarágua Bandeira da Nicarágua
Morte 17 de maio de 1919 (65 anos)
Nova York, Estados Unidos Bandeira dos Estados Unidos
Partido Liberal

José Santos Zelaya López (Manágua, Nicarágua, 1 de novembro de 1853 - Nova Iorque, Estados Unidos, 17 de maio de 1919) foi um político e militar que atuou como presidente da Nicarágua de 1893 a 1909. Foi membro do Partido Liberal associado com a política progressista, mas não sem ambições pessoais. Realizou reformas importantes no campo da educação pública e infra-estrutura como a construção de ferrovias, o estabelecimento de linhas de navios a vapor, a promulgação de direitos constitucionais que previam a igualdade de direitos, garantias de propriedade, habeas corpus, voto obrigatório, ensino obrigatório, proteção das artes e da indústria, representação minoritária e a separação dos poderes do Estado;[1] sendo reconhecido como o construtor do estado atual da Nicarágua. No entanto, o seu desejo de soberania nacional, muitas vezes o levou a políticas contrárias aos interesses colonialistas.

Referências

  1. José Santos Zelaya: President of Nicaragua, 5-18; Adán Selva, Lodo y ceniza de una politica que ha podrido las raices de la nacionalidad nicaragüense ( Managua, 1960), 48-49; Gregorio Selser, Nicaragua de Walker a Somoza ( Mexico, 1984), 82.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Cargos políticos


Precedido por
Joaquín Zavala Solís
Coat of arms of Nicaragua.svg
Presidente da Nicarágua

1893 - 1909
Sucedido por
José Madriz Rodríguez