Judith Beck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Judith S. Beck (nascida a 5 de Maio de 1954) é uma psicóloga americana conhecida por seu trabalho em terapia cognitiva. Seu pai é Aaron Beck, o fundador da terapia cognitiva, com quem ela trabalhou em seu desenvolvimento e aplicações clínicas. Judith Beck é responsável por três das principais funções do Instituto Beck: educação, atendimento clínico e pesquisa. Atualmente, divide seu tempo em administração, supervisão e ensino, trabalho clínico, desenvolvimento de programas, pesquisas e de escritora. Trabalha como consultora em diversas pesquisas do NIMH (National Institute of Mental Health) e apresenta workshops, nacionais e internacionais, da aplicação da terapia cognitiva nos mais variados transtornos psiquiátricos. [1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Fez Faculdade de Pedagogia na Universidade da Pensilvânia e se especializou como professora de crianças com dificuldades de aprendizado. Começou doutorado na área de educação, mas, no meio do caminho, passou a se interessar e a estudar também psicologia. Demorou muitos anos para se dedicar a psicoterapia cognitiva seguindo os passos de seu pai. Atualmente passa a maior parte de seu tempo ensinando Terapia Cognitiva.

Principais livros publicados[editar | editar código-fonte]

  • Cognitive Therapy: Basics and Beyond traduzido em mais de 20 línguas e é o livro texto básico em terapia cognitiva comportamental.[2] textbook,[3]
  • Cognitive Therapy for Challenging Problems: What to Do When the Basics Don’t Work,
  • The Oxford Textbook of Psychotherapy,
  • Cognitive Therapy of Personality Disorders,
  • The Beck Diet Solution[4]
  • The Beck Diet Solution Weight Loss Workbook,
  • Beck Youth Scales for Social and Emotional Impairment

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Judith Beck é a diretora da organização não governamental Beck Institute for Cognitive Therapy and Research[5] e na Também é professora adjunta de psicologia em psiquiatria naUniversidade da Pensilvânia. Ela também é consultora em pesquisas subsidiadas pelo National Institute of Mental Health e membro fundadora e presidente da Academy of Cognitive Therapy.

Publicações notórias[editar | editar código-fonte]

  • Beck, J. S. (1995). Cognitive therapy: Basics and beyond. New York: Guilford.
  • Beck, J. S. (2005). Cognitive therapy for challenging problems: What to do when the basics don’t work. New York: Guilford.
  • Gabbard, G., Beck, J. S., & Holmes, J. (Eds.) (2005). Oxford textbook of psychotherapy. London: Oxford University Press.
  • Beck, A., Freeman, A., Davis, D., A., Pretzer, J., Fleming, B., Ottaviani, R., Beck, J. S., Simon, K., Padesky, C., Meyer, J., & Trexler, L., & Associates. (2004). Cognitive therapy of personality disorders, 2nd ed. New York: Guilford.
  • Beck, J. S. (2007). The Beck diet solution. Birmingham, AL: Oxmoor House Publications.
  • Beck, J. S. (2007). Beck diet solution weight loss workbook: The 6-week plan to train your brain to think like a thin person. Birmingham, AL: Oxmoor House Publications.
  • Beck, J. S., & Beck, A. T. (2001). Beck youth inventories of emotional and social impairment. Texas: The Psychological Corporation.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. PEREIRA, Melanie Ogliari. Entrevista com Judith Beck. Rev. bras.ter. cogn. [online]. 2006, vol.2, n.2 [citado 2010-08-26], pp. 111-114 . Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872006000200011&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 1808-5687.
  2. «List of Citations». Google Scholar. Consultado em 19 de maio de 2008 
  3. Wolpe, Joseph (1996). «Book review: Cognitive therapy: Basics and beyond». Journal of Behavior Therapy and Experimental Psychiatry. 27 (3). 319 páginas. doi:10.1016/0005-7916(96)89143-9 
  4. «Think Thin To Get Thin». Newsweek. 19 de março de 2007. Consultado em 19 de maio de 2008 
  5. Nelson-Jones, Richard (2006). Theory and Practice of Counselling and Therapy. [S.l.]: SAGE. 363 páginas. ISBN 1412919789. Consultado em 19 de maio de 2008 

Links externos[editar | editar código-fonte]