Jules Tannery

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jules Tannery
Conhecido(a) por Filosofia matemática
Nascimento 24 de março de 1848
Mantes-la-Jolie
Morte 11 de dezembro de 1910 (62 anos)
Paris
Nacionalidade Francês
Alma mater Escola Normal Superior de Paris
Orientador(es) Charles Hermite[1]
Orientado(s) Albert Châtelet, Jules Drach, Jacques Hadamard, Xavier Stouff
Instituições Escola Normal Superior de Paris, Universidade de Paris, Sorbonne
Campo(s) Matemática
Tese 1974: Proprietes des integrales des equations differentielles lineaires a coefficients variables

Jules Tannery (Mantes-la-Jolie, 24 de março de 1848Paris, 11 de dezembro de 1910) foi um matemático francês.

Orientado por Charles Hermite, obteve um doutorado em 1874 com a tese Propriétés des intégrales des équations différentielle linéaires à coefficients variables.

Descobriu uma superfície de quarta ordem na qual todas as linhas geodésicas são algébricas. Não foi um inventor, mas essencialmente um crítico e metodologista. Observou certa vez que os matemáticos estão tão acostumados com seus símbolos e tem tanta satisfação ao brincar com os mesmos, que é necessário algumas vezes tirar seus brinquedos a fim de os obrigar a pensar.[2]

Influenciou Paul Painlevé, Jules Drach e Émile Borel a ocuparem-se com ciência.

Seus esforços foram direcionados principalmente ao estudo dos fundamentos da matemática e às ideias filosóficas implicadas pelo pensamento matemático.

Referências

  1. Jules Tannery (em inglês) no Mathematics Genealogy Project
  2. "Mathematicians are so used to their symbols and have so much fun playing with them, that it is sometimes necessary to take their toys away from them in order to oblige them to think."

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • George Sarton, Jules, and Marie Tannery (with a note on Grégoire Wyrouboff), Isis, 38(1/2):33-51, Nov. 1947

Ligações externas[editar | editar código-fonte]