Karl Bechert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Karl Bechert
Nascimento 23 de agosto de 1901
Nuremberg
Morte 1 de abril de 1981 (79 anos)
Weilmünster
Cidadania Alemanha
Alma mater Universidade de Munique
Ocupação físico, político, professor universitário, escritor
Empregador Universidade de Mainz, Universidade de Giessen
Religião luteranismo

Karl Bechert (Nurembergue, 23 de agosto de 1901Weilmünster, 1 de abril de 1981) foi um físico e político alemão filiado ao Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD).[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Após o Abitur Karl Bechert estudou física, matemática e química na Universidade de Munique. Obteve um doutorado em 1925, orientado por Arnold Sommerfeld, com a tese Die Struktur des Nickelspektrums, de quem foi a partir de 1923 assistente auxiliar e a partir de 1926 assistente. Em 1929 casou com Sibylle Lepsius, tendo o casal dois filhos. Obteve em 1930 a habilitação com Sommerfeld e foi até 1933 Privatdozent em seu instituto. Em 1933 recebeu um chamado para a Universidade de Giessen, onde foi diretor do Instituto de Física Teórica, e em 1945/46 foi nomeado pelas forças de ocupação dos Estados Unidos reitor da Universidade de Giessen. Em 1946 seguiu um chamado para a Universidade de Mainz, onde foi também diretor do Instituto de Física Teórica, onde lecionou até aposentar-se em 1969.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Der Wahnsinn des Atomkriegs, Diederichs 1956
  • com Christian Gerthsen: Atomphysik. Theorie des Atombaus, Sammlung Göschen, 3 Volumes, 4.ª Edição 1963

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ralf Kohl, Das politische Wirken Professor Karl Becherts von 1956-1972. Eine Studie über (un-)politisches Verhalten. Dissertation, Mainz 1993.
  • Kurt Friedrich: Karl Bechert 1901-1981. Wissenschaftler und Politiker aus Verantwortung. in: Historisches Lesebuch Gau-Algesheim, Ed. Stadt Gau-Algesheim, Red. Norbert Diehl, Verlag Carl-Brilmayer-Gesellschaft, ebd. 1999, p. 128–133
  • Wilhelm Wegner: Vorbilder: K. Bechert gilt als Vater der Antiatombewegung in Deutschland. in Chrismon plus. Rheinland, H. 2, Düsseldorf 2012, p. 64
  • Wilhelm Hanle, Herbert Jehle: Nachruf auf Karl Bechert, Physikalische Blätter, 37, 1981, 376–377. doi:10.1002/phbl.19810371215
  • W. A. P. Luck: Karl Bechert 65 Jahre, Physikalische Blätter, Volume 22, 1966, 374–375. doi:10.1002/phbl.19660220807

Referências

  1. Biografia em alemão

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.