Klaus Martin Schwab

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Klaus Martin Schwab , (30 de março de 1938 - Ravensburg , Alemanha), é engenheiro e economista alemão . Ele fundou em 1971 o European Symposium of Management,[1] organizado em Davos na Suíça , que se tornaria em 1987 o World Economic Forum.[2]

Origem e formação[editar | editar código-fonte]

Filho de industrialistas,[3] Klaus Schwab é Ph.D. em Ciências da Engenharia pelo Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (1966), Ph.D. em Economia pela University of Freiburg (1967) e um mestrado em administração pública pela Universidade de Harvard (1967).[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ele começou sua carreira profissional no final dos anos 1960 como professor de administração industrial na Universidade de Genebra , onde lecionou até 2002,[2] mantendo o título de "professor".[5]

Fórum Econômico Mundial (Davos)[editar | editar código-fonte]

Em 1971, marcado pela leitura e pelo sucesso do "Desafio Americano" de Jean-Jacques Servan-Schreiber , organizou em 1971 o Simpósio Europeu de Gestão , dirigido primeiramente a um público europeu.[6]

Ele é mais conhecido como presidente desde a sua criação, o Fórum Econômico Mundial (WEF) Fundação sem fins lucrativos com sede em Genebra . O fórum é mais conhecido por seu encontro anual em Davos , na Suíça , que reúne líderes empresariais, políticos de todo o mundo, acadêmicos e jornalistas para discutir as questões mais urgentes do mundo. , inclusive nas áreas de saúde e meio ambiente.

Klaus Schwab em 2008, no Fórum Econômico Mundial

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Klaus Schwab é o pai de Nicole Schwab, co-fundadora do Gender Equality Project , que incentiva as empresas a promover a diversidade.[7]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]