Dasyuroides byrnei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Kowari)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox question.svg
Esta página ou seção carece de contexto (desde março de 2012).

Este artigo (ou seção) não possui um contexto definido, ou seja, não explica de forma clara e direta o tema que aborda. Se souber algo sobre o assunto edite a página/seção e explique de forma mais clara e objetiva o tema abordado.


Como ler uma infocaixa de taxonomiaDasyuroides byrnei[1]
Vakorejsek ctyrprsty.jpg

Estado de conservação
Espécie vulnerável
Vulnerável (IUCN 3.1) [2]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Marsupialia
Ordem: Dasyuromorphia
Família: Dasyuridae
Género: Dasyuroides
Spencer, 1896
Espécie: D. byrnei
Nome binomial
Dasyuroides byrnei
Spencer, 1896
Distribuição geográfica
Kowari.png

Dasyuroides byrnei é uma espécie de marsupial da família Dasyuridae. É a única espécie descrita para o gênero Dasyuroides.[1] Endêmica da Austrália.

Nomenclatura e taxonomia[editar | editar código-fonte]

Duas subespécies são tradicionalmente reconhecidas: Dasyuroides byrnei byrnei e Dasyuroides byrnei pallidior.[3] Entretanto, o Mammal Species of the World considerada a espécie monotípica.[1]

Distribuição geográfica e habitat[editar | editar código-fonte]

A espécie é endêmica da Austrália, onde pode ser encontrada nos desertos rochosos da bacia do lago Eyre no norte da Austrália Meridional e no sudoeste de Queensland.[2]

Características[editar | editar código-fonte]

O D. byrnei, também conhecido como kowari ou "rato-marsupial-de-rabo-de-pincel", é um pequeno marsupial carnívoro dos desertos e planícies centrais da Austrália. Seu corpo possui cerca de 17 cm de comprimento, sua cauda 13 cm e ele pesa de 70 a 130 g. Possui a pelagem de cor cinza grisalho, e seu pelos de pincel negro na ponta da cauda, difere dos encontrados no Mulgara.

Hábitos alimentares[editar | editar código-fonte]

A dieta do Kowari é composta de insetos, aracnídeos e de pequenos vertebrados como aves, mamíferos e répteis. Ele não precisa beber água, pois consegue ela na alimentação.

Comportamento[editar | editar código-fonte]

Vivem nos desertos e planícies centrais da Austrália. Supõe-se que vivam em pequenas colônias em um complexo de tocas. O Kowari pode habitar a toca de outro animal ou construir sua própria, ambos sexos constroem um ninho de materiais macios na toca. Seu hábito é primeiramente terrestre, embora escale bem.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Seu período reprodutivo vai de Abril a Dezembro, sendo que a fêmea pode produzir duas ninhadas. O período de gestação dura de 30 à 36 dias e geralmente nascem de 3 e 7 filhotes.

Referências

  1. a b c Groves, C.P. (2005). Wilson, D.E.; Reeder, D.M. (eds.), ed. Mammal Species of the World 3 ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press. pp. 23–37. ISBN 978-0-8018-8221-0. OCLC 62265494 
  2. a b McKnight, M.; Canty, P.; Brandle, R.; Robinson, T.; Watson, M. (2008). Dasyuroides byrnei (em Inglês). IUCN 2014. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2014 Versão 1. Página visitada em 5 de julho de 2014.
  3. Aslin, H.J.; Lim, L. (1995). Strahan, R., ed. The Mammals of Australia. [S.l.]: Reed Books. p. 59–61 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre marsupiais, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.