Lácio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a divisão administrativa atual, veja Lácio (região moderna). Para o clube de futebol, veja Società Sportiva Lazio.
Lácio e Campânia

Lácio (em latim: Latium) é uma região histórica da Itália Central na qual a cidade de Roma foi fundada e cresceu até tornar-se capital do Império Romano. Originalmente, o Lácio compreendia um pequeno triângulo de solo vulcânico fértil no qual residiam as tribos latinas.[1] Estava situada na margem esquerda (leste e sul) do rio Tibre, estendendo-se para norte em direção ao rio Ânio (um tributário do Tibre) e para sul em direção aos Pântanos Pontinos (em latim: Pomptina Palus) tão longe quando o Monte Circeu.[2]

A margem direita do Tibre era ocupada pela cidade etrusca de Veios, e as demais fronteiras do Lácio eram povoadas por outras tribos itálicas. Durante o Reino e República, Roma derrotou Veios[3] [4] e então seus vizinhos itálicos, expandindo o Lácio aos Montes Apeninos ao norte e para a extremidade oposta do pântano no sudeste. A região moderna do Lácio é um pouco maior que o Lácio romano.

Referências

  1. Hansen 2000, p. 209
  2. Cary 1975, p. 31
  3. Grant 1978, p. 42.
  4. Dião Cássio século III, p. VII.20.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Grant, Michael (1978). History of Rome Prentice Hall [S.l.] ISBN 0965035670. 
  • Hansen, Mogens Herman (2000). A Comparative Study of Thirty City-state Cultures: An Investigation Kgl. Danske Videnskabernes Selskab [S.l.] ISBN 978-87-7876-177-4. 
  • Cary, H. H. (1975). A History of Rome: Down to the Reign of Constantine (3rd ed.) (Nova Iorque: St. Martin's Press). ISBN 0312383959.