Língua haida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Haida (X̱aat Kíl, X̱aadas Kíl, X̱aayda Kil, Xaad kil)
Falado em: Canadá, Estados Unidos
Região: Haida Gwaii, Ilha do Príncipe de Gales (Alasca)
Total de falantes: 50 (2007–2014)
Família: Língua isolada
 Haida
Escrita: latina
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: hai
ISO 639-3: ambos:
hdn — Northern Haida
hax — Southern Haida

A língua Haïda (Xaat Kíl, também chamada X̱aat Kíl, X̱aadas Kíl, X̱aayda Kil, Xaad kil) é falada pelo povo indígena norte-americano Haida da ilha Haida Gwaii e da Ilha do Príncipe de Gales (Alasca). Flag of Alaska.svg Alaska

Classificação[editar | editar código-fonte]

Embora já tenha seja considerada como da família das línguas na-dene, hoje é considerada como uma língua isolada.

Falantes[editar | editar código-fonte]

É uma língua em perigo de extinção, sendo fala por somente 30 a 50 pessoas, todos com idade superior a 70 anos.

Os Haida estão tentando reviver o uso de sua língua. Em Skidegate, os idosos se reúnem diariamente para trabalhar no dialeto da área e já produziram uma série de gravações. Em Masset, o grupo de trabalho é mais jovem, e para garantir que o dialeto de Masset seja reintegrado na vida cotidiana. No Alasca, a comunidade criou um website, incluindo ferramentas de linguagem e gravações dialectais "kaigany". Além disso, os Haidas produemir esforços para desenvolver ferramentas de ensino de sua língua.

londe se falava a língua Haiga
Bandeira do Alasca


A maioria das pessoas Haiga vive na Ilha Queen Charlotte (Haida Gwaii) na costa oeste da Colúmbia Britânica, no Canadá. Há também Haidas na Ilha Prince of Wales no sudeste do Alasca e em outras partes do Canadá e dos EUA.

Fonologia[editar | editar código-fonte]

A língua apresenta pelo menos 46 sons consoantes e tão somente 3 sons vogais.

Consoantes[editar | editar código-fonte]

Consoantes Skidegate Haida
Bilabial Alveolar Postalveolar
/ Palatal
Palatal~Velar Uvular Faringeal Glotal
Central Lateral
Plosiva plana} ɡ̊ ɢ̥ ( ʕ̥ )3 ʔ
Aspirada
Ejetiva
Africada Lenis d̥͡ɮ̊ d̥͡ʒ̊
Fortis t͡ɬʰ t͡ʃ 2
ejetiva t͡sʼ t͡ɬʼ
Fricativa surda s ɬ x χ ( ħ ) h
Nasal plana m n ŋ
glotalizada
Aproximante plana l j w
glotalizada

Vogais[editar | editar código-fonte]

Vogais Haida Skidegate [1]
Anterior Posterior
Fechada i iː u uː
Meio aberta (ɛː) (ɔː)
Aberta a aː
+ Vogais Haida Masset e Kaigani <
Anterior Posterior
Fechada i iː u uː
Meio aberta e eː ()
Aberta a aː


Tons[editar | editar código-fonte]

O Haida apresenta tons, cuja natureza difere por dialeto.

Os dialetos canadenses (Skidegate e Masset) têm um sistema de tom com baixa carga funcional. A sílaba pesada (aquela com vogais longas ou terminando em sonorantes) têm tom alto e as sílabas leves não marcadas têm tom baixo: gid}} [ɡ̊ìd̥] "Cão", gin [ɡ̊ín] "alburno". Exemplos de sílabas marcadas incluem sùu "entre" (Masset), k'á "minúsculo" (Skidegate). No Masset Haida, as sílabas marcadas de baixo tom são mais comuns, resultantes da elisão de sons intervocálicos: compare-se Skidegate 7axad para Masset 7àad}} 'rede ". Algumas alternâncias podem ser interpretadas como resultados da análise de sílabas em vez de tom: compare-se Masset | q'al.a [q'álà] "muskeg" para q'ala . Desconfie-se de [q'àlà, onde se marca um limite de sílaba.

Em Skidegate Haida, as vogais curtas que não possuem tom marcado são alongadas foneticamente quando estão em uma palavra - silába inicial aberta, então q'an}} [q'án]} } "Grama" torna-se q'anaa [q'àːnáː] "gramado".

Em Masset Haida, as sílabas marcadas de baixo tom têm um comprimento extra, assim, ginn coisa , 7 'mãe' '.

Em Kaigani, o sistema é principalmente com um dos acentos de tom com no máximo uma sílaba por palavra com tom alto na maioria das palavras, embora existam algumas exceções (por exemplo, "quase") e nem sempre é claro o que deve ser considerado uma "palavra" independente. As sílabas de alto tom são geralmente pesadas (tendo uma vogal longa ou terminando em sonorante).

Escrita[editar | editar código-fonte]

O Haida tem sido escrito com diferentes sistemas ortográficos inventados por estudiosos e linguistas. Pelo menos dois sistemas ortográficos estão atualmente em uso: um projetado pelo linguista John Enrico, e outro projetado há 30 anos por linguistas nativos do Alasca Centro de Idiomas, Incluindo Michael Krauss e Jeff Leer.

O alfabeto latino utilizadpo tem as seguintes letras: A , Aa, B, Ch, Ch’, D, Dl, Dz, Ei, G, G, Ĝ, H, Hl, I, Ii, J, K, K’, K, K’, L, L’, M, M’, N, N’, Ng, P, P’, S, T, T’, Tl, Tl’, Ts, Ts’, U, Uu, W, W’, X, X, Y, Y’, apóstrofo (‘)[2]

Amostra de texto[editar | editar código-fonte]

Yáahl uu st'igáalaan, hal st'i'áwyaagaan. 'Wáadluu xíl hal tlaahláayaan. Gut'iláa ḵ'íit ḵ'uts hal ts'asláangaan. 'Wáadluu sáng ḵwáan hal néilaan gyaan hal 'lagáalaan Asgáayst hal xitgwáangaan táawk uu hal diyáangaan. 'Wáadluu, chíin ḵwáan gándlaay aa hal táagaan. Hal sk'ísdlaayaan gyaan xitgáay aa hal jagíyaayaan. 'Wáadluu hingáan an sáanjuudaayaan. Ahljíihl uu tl' hlgúujuu jahlíis gám 'láa'anggang.

Português

Raven ficou doente, estava muito doente. Então ele fez alguns remédios. Ele ferveu diferentes tipos de raízes de árvores. Então ele bebeu por muitos dias e ficou bem. Então ele voou procurando comida. Então ele comeu muitos peixes em um riacho. Ele ficou cheio e não podia voar. Então, então, ele simplesmente descansou. É por isso que não paga ser muito ganancioso. Yáahl (Raven), de um conto sobre Raven - Erma Lawrence

Notas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]