Língua isolada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Uma língua isolada é um idioma natural sem comprovado parentesco com outra língua registrada, não pertencendo a nenhuma família ou tronco linguístico.[1]

Exemplos de línguas isoladas:

Línguas Paleo-Siberianas[editar | editar código-fonte]

Há um grupo de línguas faladas na Sibéria Asiática, distintas entre si, incluídas em uma família chamada Paleo-Siberiana, embora estas línguas também sejam consideradas isoladas:

Referências

  1. Campbell, Lyle (1997). American Indian languages: the historical linguistics of Native America. Oxford: Oxford University Press. ISBN 0-19-509427-1.
Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.