Língua jeju

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jeju (Cheju)
Falado em: Coreia do Sul
Região: Jeju
Total de falantes: 5 a 10 mil (todos nascidos antes de 1940) em 2012<
Família: Coreana
 Sillan
  Jeju (Cheju)
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: jje
Província Jeju – Coreia do Sul

Jeju (Cheju) é uma língua Coreana falada na província (ilha) de Jeju na Coreia do Sul. Essa língua difere bem dos dialetos coreanos da área continental.

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome pode ser transcrito na Romanização Coreana como Jeju ou em McCune-Reischauer como Cheju. Em língua coreana é conhecido como 제주 방언 (濟州方言) Jeju bang-eon ou 제주 사투리 Jeju saturi ou "dialeto Jeju", como 제주어 (濟州語) Jejueo "língua Jeju",[1] ou como 제주말 Jejumal "Falar Jeju". Essa última se refere tanto à língua como à escrita.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Apesar de muitos sul-coreanos, mesmo aqueles que falam Jeju, consideram o Jeju como um dialeto do coreano, este pode ser considerado uma língua separada porque é quase mutuamente ininteligíveis com os dialetos coreanos do continente.[2] Foi reconhecida como uma língua diferente tanto ,localmente como pela UNESCO.[3]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Há entre 5 a 10 mil falantes fluentes, todos nascidos antes de 1950. O Jeju já foi falado em toda a Ilha de Jeju, além das ilhas Chuja do antigo condado de Bukjeju County (hoje Jeju , onde se fala o dialeto Chuja, uma variedade do dialeto Jeolla. O Jeju também sobrevive em enclaves da diáspora no Japão .[4]

Em janeiro de 2011, a UNESCO adicionou Jeju a seu Atlas das Línguas do Mundo em Perigo como uma "linguagem criticamente em perigo" . [3]

Vocabulário[editar | editar código-fonte]

Vocabulário[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • National Institute for the Korean Language, JEJU National University, South Korea

Ligações externas[editar | editar código-fonte]