Língua turca karamanli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Turco Karamanlı

Karamanlıca - Karamanlı Türkçesi

Falado em: Grécia, Bulgária, Macedônia do Norte, Romênia, Turquia
Total de falantes: extinta séc.XIX
Família: Turcomana
 Turcomana comuim
  Oguz
   Oguz Ocidental
    Turco Karamanlı
Escrita: Grega
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
Uma inscrição em turco Karamanlı na entrada da antiga igreja ortodoxa grega de Agia Eleni em Sille (aldeia), perto de Cônia.

A língua turca karamanli (em turco: Karamanlı Türkçesi, em grego: Καραμανλήδικα , transl.: Karamanlídika) é uma forma de escrita turca e um dialeto do turco falado pelos Karamanlides, uma comunidade de [[Igreja Ortodoxa Oriental] de língua turca no Império Otomano, hoje Turquia. O turco otomano oficial foi escrito na escrita árabe, mas os Karamanlides usaram o alfabeto grego para escrever sua forma de turco. O Turco Karamanlı tinha sua própria tradição literária e produziu numerosos trabalhos publicados impressos durante o século XIX, alguns deles publicados pela Evangelinos Misailidis pela editora Anatoli ou Misailidis.[1]

Os escritores e falantes karamanli foram expulsos da Turquia como parte do intercâmbio populacional grego-turco em 1923. Alguns falantes preservaram sua língua na diáspora. A forma escrita parou de ser usada imediatamente depois que a Turquia adotou o alfabeto latino.

Um fragmento de um manuscrito escrito em Karamanlı também foi encontrado na Genizah do Cairo.[2]

Mídia[editar | editar código-fonte]

Havia um jornal turco Karamanli, Anatoli , publicado de 1850 a 1922,[3] feito por Evangelinos Misailidis. Outras publicações em Karamanli foram Anatol Ahteri, Angeliaforos, Angeliaforos coçuklar, Şafak, e Terakki. O segundo e o terceiro foram criados pelo Conselho Americano de Comissários para Missões Estrangeiras. Demetrius Nicolaides também se candidatou para fazer sua própria publicação Karamanli, Asya ("Ásia"), mas foi negada; em vez disso, ele fez um jornal turco otomano chamado Sevte. Evangelina Baltia e Ayșe Kavak, autores do "Editor do jornal Konstantinoupolis por meio século", escreveram que não conseguiram encontrar nenhuma informação que explicasse por que a proposta de Nicolaides foi rejeitada.[4]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Misailidis 1986, p. 134
  2. Julia Krivoruchko Karamanli – a new language variety in the Genizah: T-S AS 215.255 http://www.lib.cam.ac.uk/Taylor-Schechter/fotm/july-2012/index.html Arquivado em 2016-10-27 no Wayback Machine.
  3. Michael, Michalis N.; Börte Sagaster; Theoharis Stavrides (28 de fevereiro de 2018). «Introduction». In: Sagaster, Börte; Theoharis Stavrides; Birgitt Hoffmann. Press and Mass Communication in the Middle East: Festschrift for Martin Strohmeier. [S.l.]: University of Bamberg Press. pp. v-. ISBN 9783863095277  Cited: p. xi
  4. Balta, Evangelia; Ayșe Kavak (28 de fevereiro de 2018). Sagaster, Börte; Theoharis Stavrides; Birgitt Hoffmann, eds. Publisher of the newspaper Konstantinoupolis for half a century. Following the trail of Dimitris Nikolaidis in the Ottoman archives. Press and Mass Communication in the Middle East: Festschrift for Martin Strohmeier. [S.l.]: University of Bamberg Press. pp. 33-. ISBN 9783863095277  // Cited: p. 42

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Evangelia Balta, Karamanlı Yazınsal Mirasının Ocaklarında Madencilik, 2019, Yapı Kredi Yayınları. (em turco)
  • —, 19. Yüzyıl Osmanlıca ve Karamanlıca Yayınlarda Ezop’un Hayatı ve Masalları (prep.), 2019, Libra Kitap.
  • —, Karamanlıca Kitaplar Çözümlemeli Bibliyografya Cilt I: 1718-1839 (Karamanlıdıka Bibliographie Analytique Tome I: 1718-1839), 2018, Türkiye İş Bankası Kültür Yayınları.
  • —, Gerçi Rum İsek de, Rumca Bilmez Türkçe Sözleriz: Karamanlılar ve Karamanlıca Edebiyat Üzerine Araştırmalar, 2012, Türkiye İş Bankası Kültür Yayınları.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

https://www.omniglot.com/writing/karamanliturkish.htm Turco karamanli em Omniglot.com] http://en.kms.org.gr/Collections/Karamanlipublications.aspx Turco karamanli em En.Kms.org] [[Categoria:Línguas da Grécia|Turco karamanli]] [[Categoria:Línguas da Turquia|Turco karamanli]] [[Categoria:Línguas da Macedônia do Norte|Turco karamanli]] [[Categoria:Línguas da Bulgária|Turco karamanli]]