Lúcio Flávio Fímbria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lúcio Flávio Fímbria
Cônsul do Império Romano
Consulado 71 d.C.

Lúcio Flávio Fímbria (em latim: Lucius Flavius Fimbria) foi um senador romano da gente Flávia nomeado cônsul sufecto para o nundínio de julho a agosto de 71 com Caio Atílio Bárbaro. De família nobre republicana, era descendente de Caio Flávio Fímbria, cônsul em 104 a.C.. Presume-se que seu consulado tenha ocorrido por um desejo do imperador Vespasiano (que se chamava Tito Flávio Vespasiano), que não era parente seu, de sugerir que sua própria ascendência também era de uma antiga família republicana. E assim, uma pessoa relativamente insignificante na época tornou-se cônsul[1][2].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
'Vespasiano II

com Tito I
com Caio Licínio Muciano II (suf.)
com Quinto Petílio Cerial I (suf.)
com Quinto Júlio Cordino (suf.)
com Lúcio Ânio Basso (suf.)
com Caio Lecânio Basso Cecina Peto (suf.)

Vespasiano III
71

com Marco Coceio Nerva I
com Domiciano I (suf.)
com Cneu Pédio Casco (suf.)
com Caio Calpetano Râncio Quirinal Valério Festo (suf.)
com Lúcio Flávio Fímbria (suf.)
com Caio Atílio Bárbaro (suf.)
com Cneu Pompeu Colega (suf.)
com Quinto Júlio Córdio (suf.)

Sucedido por:
'Vespasiano IV

com Tito II
com Caio Licínio Muciano III (suf.)
com Tito Flávio Sabino II (suf.)
com Marco Úlpio Trajano (suf.)
com Sexto Márcio Prisco (suf.)
com Cneu Pinário Emiliano Cicatricula (suf.)


Referências

  1. IG 14, 760 = René Cagnat: Inscriptiones Graecae ad res Romanas pertinentes. Vol. 1, Nr. 453
  2. AE 2003, 2060 (diploma militar)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]