Lago Lubāns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lago Lubāns
Lago Lubāns
Localização
Coordenadas 56° 45' 57" N 26° 51' 29" E
País Letónia Letónia
Distrito Madona
Características
Altitude 90 m a 93 m
Área * a 90,75 m de altitude: 25 km²
a 92,75 m de altitude: 100 km²
Comprimento máximo 15,7 km
Profundidade máxima 3,5 m
Afluentes Rēzekne, Malta, Malmuta, Lisinja
Efluentes Aiviekste, Daugava
Ilhas 1 (Akmeņsala)
Lago Lubāns está localizado em: Letónia
Lago Lubāns
Localização do lago na Letónia
* Os valores do perímetro, área e volume podem ser imprecisos devido às estimativas envolvidas, podendo não estar normalizadas.

O lago Lubāns (em letão: Lubāns, Lubānas ezers ou Lubāna ezers) é um lago na Letónia, o de maior extensão no país. O lago localiza-se no centro da veiga do leste da Letónia, no distrito de Madona. É um lago pouco profundo de drenagem, alimentado pelos rios Rēzekne, Malta, Malmuta e Lisinja e alguns outros menores, tendo como efluentes o rio Aiviekste e o rio Daugava.

Depois de inundações na primavera de 1926, foram construídas várias represas e canais. Desta forma, a altitude das águas do lago está controlada, flutuando entre aproximadamente 90 e 93 metros acima do nível do mar. Quando as águas atingem os 90,75 metros de altitude, tem uma área de 25 km2, extensão que aumenta até 100 km2 quanto a altitude da superfície chega a 92,75 metros.

O complexo de zonas húmidas de Lubāns, com uma área de 48 020 hectares 56° 49′ N, 26° 54′ L é o sítio Ramsar n.º 1384, tendo sido classificado em 2002. É a zona húmida de maior extensão na Letónia, englobando não apenas o lago Lubāns, de escassa profundidade, mas também zonas distintas, como áreas pantanosas, pradarias inundadas ou bosques húmidos; no total estão representados 15 habitats protegidos de importância europeia. É importante sobretudo por manter espécies de aves raras próprias dos pântanos, mais de 26000 aves aquáticas que descansam no lago durante a migração da primavera, especialmente grupos grandes de cisnes (cisne-pequeno, cisne-bravo). No local coexistem algumas espécies especialmente protegidas: aves como águia-rabalva ou pigargo, águia-gritadeira, narceja, codornizão e mamíferos como castor-europeu, lontra-europeia, lobo, urso-pardo o lince-euroaasiático.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]