Leila Denmark

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leila Denmark
Nascimento 1 de fevereiro de 1898
Portal, Geórgia,  Estados Unidos
Morte 1 de abril de 2012 (114 anos)
Athens, Geórgia,  Estados Unidos
Progenitores Mãe: Alice Cornelia Hendricks
Pai: Elerbee Daughtry
Parentesco Tio: James Alexander Daugherty
Cônjuge John E. Denmark
Filho(s) Mary Denmark Hutcherson
Ocupação pediatra, pesquisadora médica

Leila Alice Denmark (nascida Daughtry; 1 de fevereiro de 1898 - 1 de abril de 2012) foi uma pediatra e supercentenária americana que se tornou a mais velha pediatra do mundo ao reformar-se aos 103 anos de idade em maio de 2001. Em sua morte, ela era a quinta pessoa viva verificada mais velha do mundo e a terceira pessoa viva verificada mais velha nos Estados Unidos.[1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Leila nasceu em Portal, Geórgia, a terceira de 12 filhos de Elerbeev e Alice Cornelia Hendricks. Seu tio paterno era congressista James Alexander Daugherty. Ela frequentou a Tift College em Forsyth, onde ela treinou para ser uma professora, mas decidiu frequentar a faculdade de medicina quando seu noivo, John E. Denmark (1899–1990), foi colocado na ilha de Java, onde as esposas não eram permitidas. Era foi a única mulher a graduar-se na Escola Médica da Geórgia em 1928 e casou-se pouco depois de se graduar. A Dra. Denmark participou na equipe que desenvolveu a vacina da tosse convulsa e exerceu medicina em vários hospitais, nomeadamente o Grady Memorial em Atlanta e no hospital pediátrico Henrietta Eggleston.

Em seu 100.º aniversário em 1998, a Dra. Denmark recusou uma fatia de bolo porque havia muito açúcar nela. Quando ela recusou o bolo novamente em seu 103.º aniversário, ela explicou ao servidor do restaurante que ela não tinha comido qualquer alimento com açúcar adicionado por 70 anos.

A Dra. Denmark viveu de forma independente em sua casa em Alpharetta até os 106 anos. Ela se mudou para Athens para viver com sua única filha, Mary Denmark Hutcherson. Em 1 de fevereiro de 2008, Leila comemorou seu 110.º aniversário, tornando-se uma supercentenária. De acordo sua filha, a saúde de Leila deteriorou-se severamente no outono de 2008, mas depois melhorou quando ela se aproximava do seu 111.º aniversário. Ela morreu em 1 de abril de 2012, com a idade de 114 anos e 2 meses.[3]

Referências

  1. «Leila Denmark, beloved doctor, dies at 114» (em inglês) 
  2. «Dr Leila Denmark». Telegraph.co.uk (em inglês) 
  3. «Bulloch native Leila Denmark turns 111» (em inglês). Consultado em 25 de março de 2017. Arquivado do original em 11 de outubro de 2016