Bolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Veja abaixo, diferentes conteúdos relacionados à "culinária"
Este artigo é parte da
temática Culinária
Técnicas de preparação dos alimentos

Utensílios
Técnicas
Pesos e medidas

Ingredientes e tipos de comida

Especiarias e ervas
Molhos - Sopas
Queijo - Massas
Outros alimentos
Sobremesas

Culinárias

Regionais:
Africana - Asiática
Baiana - Caribenha
Maranhense - Mineira
Mediterrânica - Paraense

Nacionais:
Brasileira - Chinesa
Espanhola - Estadunidense
Francesa - Israelense
Italiana - Japonesa
Libanesa - Mexicana
Norueguesa - Polonesa
Portuguesa - Russa
Sino-indiana - Sino-canadense
Sino-americana

De outras regiões...
Chefs famosos

Veja também

Cozinhas - Refeições
Culinária medieval
Wikilivros: Livro de receitas

Bolo com o formato do logotipo da Wikipédia.

O bolo é um alimento à base de massa de farinha, geralmente doce e cozido no forno. Os bolos são um dos componentes principais das festas, como as de aniversário e casamento, por vezes ornamentados artisticamente e ocupando o lugar central da mesa. No entanto, também são feitos para serem comidos em lanches ou no café-da-manhã.

Para além da farinha, que pode ser de trigo, milho, batata, maisena ou qualquer outra fécula, e do adoçante (normalmente açúcar, mas pode ser um adoçante artificial, para os diabéticos poderem comê-lo), os bolos podem levar ainda um tipo de ingrediente aglutinante, geralmente ovos, mas que pode ser gluten ou amido, uma gordura que pode ser manteiga, margarina ou óleo, puré de fruta e um líquido, que pode ser leite, água ou sumo de frutos. Na maior parte das vezes, a massa para bolos leva aromatizantes, como a casca de limão ralada e levedura ou fermento.

Muitas vezes, os bolos são decorados com uma cobertura, frutas secas ou cristalizadas, que podem ainda ser incluídas na massa e alguns ornamentos artificiais, que podem ou não ser comestíveis (os noivos de um bolo de casamento são muitas vezes de plástico, assim como as letras "Feliz aniversário" e as velas.

Existem também bolos salgados, como bolos de carne por exemplo.

Bolo de aniversário infantil com velas

Os bolos podem ainda levar creme chantili, doce de leite, marshmallow, massa folhada ou outra guloseima[1] .

Bolo de chocolate sendo feito.

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que a confecção de bolos exista desde o Egito Antigo na forma de pães adoçados com xarope de frutas, tâmaras, passas. Os antigos gregos e romanos o aperfeiçoaram, Nero, por exemplo, os apreciava. A real diferença entre pães e bolos só veio a ser caracterizada durante o Renascimento. A denominação teria vindo de bola e os bolos teriam formas associadas a lua, a cone.

O primeiro bolo alto, de andares, teria sido feito para o casamento de Catarina de Médici com Henrique II da França em 1533. Em 1568 na Alemanha, no casamento de Guilherme da Baviera com Renata de Lorena (França), o bolo tinha mais de 3 metros da altura e dele saiu Ferdinando da Áustria[2] .No reinado da Rainha Vitória I do Reino Unido houve muitas festa com bolos de até 200 kg com dois metros de altura.[3]

As velas usadas nos bolos de aniversário são originadas da Grécia Antiga, das festas de Ártemis no dia 6 de cada mês do Calendário egípcio.

Referências

  1. “Bolo Recheado Azedinho” no site Globo.com (Brasil) acessado a 14 de junho de 2009
  2. ”História das Artes Manuais” – Christopher Weigel (1698)
  3. ”Revista Gosto” Nº 12 (julho 2010) pg. 108 – Editora Isabella – J.A. Dias Lopes

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.