Leroy Hood

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Leroy Hood
Nascimento 10 de outubro de 1938 (78 anos)
Missoula
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Prêmios Prêmio Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica (1987), Prêmio Dickson de Medicina (1988), Prêmio Kyoto (2002), Prêmio Lemelson–MIT (2003), Prêmio Pittcon Heritage (2008), Prêmio Kistler (2010), Prêmio Russ (2011), Medalha por Inovações em Tecnologia da Saúde IEEE (2014)
Campo(s) Biologia

Leroy Edward Hood (Missoula, 10 de outubro de 1938) é um biólogo americano. Recebeu o prêmio Russ de 2011, "por revolucionar a biomedicina e a ciência forense com a automatização do sequenciamento de DNA" e em 2003 o prêmio Lemelson–MIT, por inventar "quatro instrumentos que desvendaram muitos dos mistérios da biologia humana" por auxiliarem a decodificar o genoma.[1] Hood também ganhou em 2002 o prêmio Kyoto por Tecnologia Avançada e em 1987 o Prêmio Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica. As invenções desenvolvidos sob sua liderança incluem o sequenciador de DNA automatizado e uma ferramenta automatizada para a síntese de DNA. Hood é co-fundador do Institute for Systems Biology.

Referências

  1. 2003 Lemelson-MIT Prize Winner. Accessed July 7, 2008