Literatura afro-brasileira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Literatura afro-brasileira[1][2] e literatura negra[3] conhecidas (mas em construção) como uma parte da literatura brasileira que se destacam por conter edições de livros temáticos que descrevem, reafirmam e tentam resgatar os ideais e costumes afro-brasileiros e dos negros.[4]

São na maioria livros de sociologia, antropologia, arqueologia, religião, história, romances e ensaios focados no tema das religiões afro-brasileiras, escravatura, imigração no Brasil escritos por estrangeiros e brasileiros que resolveram pesquisar à fundo a diáspora africana no Brasil, todas as religiões do Brasil com influência africana, bem como a cultura afro-brasileira distinta da maioria dos brasileiros, suas comunidades, resgate da história, modo de vida, senso, saúde, escolaridade e inclusão social.

Referências

  1. «A literatura afro-brasileira e seu autor maior: Machado de Assis». Consultado em 18 de março de 2012. Arquivado do original em 23 de dezembro de 2011 
  2. Literatura afro-brasileira
  3. «Literatura afro-brasileira» (PDF). Consultado em 18 de março de 2012. Arquivado do original (PDF) em 9 de junho de 2013 
  4. «Stefani Silva, Literatura afro-brasileira uma Identidade em questão» (PDF). Consultado em 18 de março de 2012. Arquivado do original (PDF) em 31 de outubro de 2014 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre candomblé é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.