Lorenzo Sanz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lorenzo Sanz
Nome completo Lorenzo Sanz Mancebo
Nascimento 9 de agosto de 1943
Madrid, Espanha
Morte 21 de março de 2020 (76 anos)
Madrid, Espanha
Nacionalidade Espanhol
Ocupação Empresário

Lorenzo Sanz Mancebo (Madrid, 9 de agosto de 1943Madrid, 21 de março de 2020) foi um empresário espanhol, presidente do Real Madrid e proprietário do Málaga.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Madrid, na Espanha, Sanz jogou como goleiro em sua juventude em vários times menores da liga madrilena, incluindo Puerta Bonita.[1] Como empresário astuto, ele fez sua fortuna em imóveis e construção.

Sanz foi diretor do Real Madrid de 1985 a 1995. Ele se tornou presidente do Real Madrid em 26 de novembro de 1995, depois que Ramón Mendoza foi forçado a renunciar devido aos problemas econômicos, sociais e esportivos do clube. Sanz tentou mudar o clube, trazendo jogadores famosos como Davor Šuker e Predrag Mijatović com seu próprio dinheiro. Isso levou a uma tão esperada vitória da UEFA Champions League, que o Real Madrid não havia conquistado desde 1966, quando o clube conquistou os torneios de 1998 e 2000. [1]

No entanto, os dois triunfos na UEFA Champions League não foram suficientes para esconder os problemas financeiros que ainda atormentavam o clube e nas eleições poucas semanas após a final de 2000, ele perdeu a presidência para Florentino Pérez, porém anunciou em 2006 que voltaria a ser eleito pelo cargo de presidente vago no Real Madrid, perdendo-o para Ramón Calderón, e depois comprou o Málaga. Ele vendeu o clube em 2010 para um investidor do Catar. Em 11 de novembro de 2009, o jornal espanhol El Pais informou que Sanz foi preso tentando contrabandear obras de arte da Espanha.[carece de fontes?]

Família[editar | editar código-fonte]

Sanz era o sogro do ex-zagueiro do Real Madrid e da Espanha Míchel Salgado, que se casou com sua filha Malula. Os dois filhos de Sanz, Paco e Fernando, também eram jogadores profissionais.[2] Como proprietário do Málaga CF, ele confiou seu filho Fernando à presidência do clube.[3]

Morte[editar | editar código-fonte]

Na noite de 21 de março de 2020, morreu aos 76 anos de idade, depois de testar positivo para COVID-19.[4][3]

Referências

  1. a b Ortego, Enrique. «Muere de coronavirus Lorenzo Sanz, el presidente de la Séptima y Octava Copas de Europa del Real Madrid». El País (em espanhol)  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":0" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  2. «Las confesiones de Paco Sanz». El País (em espanhol). ISSN 1134-6582 
  3. a b Ortego, Enrique. «Muere de coronavirus Lorenzo Sanz, el presidente de la Séptima y Octava Copas de Europa del Real Madrid». El País (em espanhol) 
  4. «Lorenzo Sanz: Former Real Madrid president dies after contracting coronavirus». BBC Sport (em inglês)