Ramón Calderón

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ramón Calderón
Nascimento 26 de maio de 1951 (69 anos)
Palência
Residência Madri
Cidadania Espanha
Alma mater Universidade de Navarra
Ocupação advogado
Página oficial
http://www.ramoncalderon.org/

Ramón Calderón Ramos (Palência, 26 de maio de 1951) é um dirigente espanhol, foi presidente do clube de futebol Real Madrid Club de Fútbol da Espanha de 11 de fevereiro de 2006 até 28 de outubro de 2009. Assumiu o posto no ano de 2006, após a saída do antecessor Luís Gómez-Montejano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Além de antigo Presidente do Real Madrid, Ramón Calderón é advogado.

Sua grande promessa para assumir o cargo, foi trazer o jogador brasileiro Kaká, jogador do Milan.

Demitiu-se em 28 de outubro de 2009 acusado de falsear os resultados eleitorais na mesa de assembleia do Real Madrid, introduzindo falsos associados, sendo que um deles era sócio do rival Atlético de Madrid.