Loudness

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Loudness
Loudness em Hamburgo, Alemanha,
em 23 de julho de 2010
Informação geral
Origem Osaka, Osaka
País  Japão
Gênero(s) Heavy metal, metal progressivo, glam metal
Período em atividade 1981 - presente
Gravadora(s) Nippon Columbia
Atco
Warner Music Group
Rooms
Tokuma Japan
Wounded Bird
Afiliação(ões) Lazy, Anthem, Sly, Ezo, Crush 40, X japan
Integrantes Minoru Niihara
Akira Takasaki
Masayoshi Yamashita
Masayuki Suzuki
Ex-integrantes Mike Vescera
Hirotsugu Homma
Naoto Shibata
Masaki Yamada
Taiji Sawada(1966-2011)
Munetaka Higuchi(1958-2008)
Página oficial http://loudnessjp.com/

Loudness é uma banda japonesa de heavy metal formada em 1981 por Akira Takasaki, considerada uma das melhores, mais representativas e conhecidas do Japão nesse estilo.[1]

Depois de lançar seus três primeiros álbuns de estúdio, concentrando esforços promocionais no Japão e obtendo repercussão crescente, o grupo faz um registro desse período com Live-Loud Alive, com gravações ao vivo em Tóquio, mas que já emitia sinais para uma plateia arquipélago afora, em levas de fitas cassetes com a cópia do mesmo sendo (re)copiadas e (re)passadas de mãos em mãos, como era de praxe naqueles tempos. Para o lançamento de Desillusion, Loudness edita-o, especialmente para outros mercados, com adição de vocais integralmente cantados em inglês e este álbum torna-se o turning point para uma promissora carreira internacional. Conseguiram chamar a atenção de um "caça talentos" (A&R) da Atlantic Records em shows de divulgação nos Estados Unidos[2]. O que culminaria no lançamento do próximo disco por aquele selo. Passam a fazer turnês na Europa, apesar de terem realizado datas isoladas desde 1983 e serem cotados para festivais e começam a atrair atenções de mais fanzines e/ou das já emergentes revistas especializadas e fãs de diferentes partes do mundo, sobretudo dos metalheads mais sintonizados à, então, nova safra de bandas de todas as vertentes que abundavam naqueles prolíficos meados dos anos de 1980, que ficaram para posteridade rotulados como Metal Oitentista. Com o lançamento de Thunder in the East em 1985 tornam-se a primeira banda japonesa a entrar nas paradas da Billboard.

O sucesso do Loudness nos E.U.A. fez com que o grupo passasse a gravar no estilo mais comercial do pop-metal. Depois de várias mudanças de estilo e na formação da banda, a carreira do grupo entrou em declínio, apesar de ainda continuarem gravando e fazendo shows.

Após a morte do baterista Munetaka Higuchi, em 2008, devido a um câncer no fígado, fizeram um show tributo em homenagem ao colega e amigo, com vários bateristas convidados, entre eles Masayuki Suzuki, que torna-se o novo dono das baquetas na banda. Lançam o álbum The Everlasting, que conta com algumas faixas gravadas pelo antigo baterista, por meio de takes mantidos com o guitarrista Akira, saem em turnê para a divulgação deste, e em 2010, chega às lojas King Of Pain, primeiro registro gravado inteiramente por Suzuki. No fim de 2012, lançam 2~0~1~2, com canções mais pesadas. Atualmente, encontram-se em turnê e planejam compor novas cançõees para um álbum com o lançamento para meados de 2014.

Formação atual[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

  • The Birthday Eve (1981)
  • Devil Soldier (1982)
  • The Law of Devil's Land (1983)
  • Disillusion (1984)
  • Disillusion (1984) - versão em inglês
  • Thunder in the East (1985)
  • Odin (1985) - EP
  • Shadows of War (1986)
  • Lightning Strikes (1986) - remix de Shadows of War
  • Hurricane Eyes (1987) #190 (US)
  • Hurricane Eyes (1987) - versão japonesa
  • Jealousy (1988) - EP
  • Soldier of Fortune (1989)
  • On the Prowl (1991)
  • Loudness (1992)
  • Heavy Metal Hippies (1994)
  • Ghetto Machine (1997)
  • Dragon (1998)
  • Engine (1999)
  • Spiritual Canoe (2001)
  • The Pandemonium (2001)
  • Biosphere (2002)
  • Terror (2004)
  • Racing (2004)
  • The Battleship Musashi (2005) - EP
  • Breaking the Taboo (2006)
  • Metal Mad (2008)
  • The Everlasting (2009) -com takes já salvos de Higuchi.
  • The King Of Pain (2010) com o novo baterista Masayuki Suzuki.
  • Eve to Dawn (2011)

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • Live-Loud-Alive: Loudness in Tokyo (1983)
  • 8186 Live (1986)
  • Eurobounds (1986)
  • Once And For All (1993)
  • Loud 'n Raw (1995)
  • Loudness Live 2002 (2002)
  • The Soldier's Just Came Back (2002)

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

  • Never Stay Here, Never Forget You (1986)
  • A Lesson In Loudness (1989)
  • Loudest (1991)
  • Loudest Ballads (1991)
  • Loud n' Rare (1992)
  • Best Songs (1995)
  • Masters of Loudness (1996)
  • Very Best of Loudness (1997)
  • Best of Loudness 8688: Atlantic Years (2001)
  • Re-Masterpieces (2002)
  • RockShocks (2004)
  • The Best of Reunion (2005)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • "Burning Love" (1982)
  • "Geraldine" (1983)
  • "Road Racer" (1983)
  • "Road Racer" (1983) - versão em inglês
  • "Crazy Night" (1985)
  • "Gotto Fight" (1985)
  • "Let It Go" (1986)
  • "Let It Go" (1986) - versão em inglês
  • "Risky Woman" (1986)
  • "Long Distance Love" (1989)
  • "Dreamer & Screamer" (1989)
  • "You Shook Me" (1989)
  • "Slap in the Face" (1991)
  • "Black Widow" (1992)
  • "Crazy Samurai" (2004)
  • "The Battleship Musashi" (2005)
  • "Ashes To The Sky"

Videografia[editar | editar código-fonte]

VHS[editar | editar código-fonte]

  • Loudness Live: Loudness presents Loud'n Fest Vol.1 at Club Citta (2002)

DVD[editar | editar código-fonte]

  • Loudness Live Terror 2004 (2004)
  • Rock-Shocking The Nation (2005)
  • Loudness Live In Seoul (2005)
  • Loudness In America '06 (2006)
  • Thanks 25th Anniversary: Loudness Live at International Forum (2006)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Japan.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Japão, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «Biografia : Loudness». Consultado em 16 de novembro de 2016. 
  2. Allan Jones. «Loudness». Consultado em 16 de novembro de 2016.