Luís Serrão Pimentel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luís Serrão Pimentel
Nascimento 4 de fevereiro de 1613
Lisboa
Morte dezembro de 1679 (66 anos)
Lisboa
Cidadania Portugal
Ocupação arquiteto

Luís Serrão Pimentel (1613 - 1679) foi um militar português. Alcançou o posto de Tenente-general da Artilharia, tendo ocupado os cargos de Cosmógrafo-mor (informalmente desde 1641 por impedimento de António de Maris Carneiro, oficialmente a partir de 1644) e de Engenheiro-mor do Reino (1671).

Biografia[editar | editar código-fonte]

No contexto da Guerra da Restauração da independência portuguesa trabalhou nas obras de fortificação das praças-fortes de Évora, Estremoz, Mourão, Portalegre, entre outras no Alentejo.

A seu pedido, João IV de Portugal fundou, em 1647, a "Aula da Matemática" ou Aula de Fortificação e Arquitetura Militar na Ribeira das Naus, onde lecionou Matemática, Navegação e Arquitetura militar.

Considerado uma das figuras mais importantes do meio técnico português do século XVII, foi autor da obra "Methodo Lusitanico de Desenhar as fortificaçoens das Praças Regulares e Irregulares...", publicada em 1680, um ano após o seu falecimento.

Foi o pai de Manuel Pimentel, autor da obra "Arte de Navegar" (1699, mas melhor conhecida pela edição de 1712) e de Francisco Pimentel (1652-1706), que o substituiu no cargo de lente de Fortificação da "Aula de Matemática e Fortificação" da Ribeira das Naus em 1679.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
António de Maris Carneiro
Cosmógrafo-mor
1641 (1644) - 1679
Sucedido por
Manuel Pimentel


Ícone de esboço Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.