Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Luísa
Princesa de Saxe-Gota-Altemburgo
Duquesa de Saxe-Coburgo-Gota
Cônjuge Ernesto I de Saxe-Coburgo-Gota
Alexandre de Hanstein, Conde de Pölzig e Beiersdrof
Descendência Ernesto II de Saxe-Coburgo-Gota
Alberto de Saxe-Coburgo-Gota
Casa Saxe-Gota-Altemburgo
Saxe-Coburgo-Gota
Nome completo
Luísa Doroteia Paulina Carlota Frederica Augusta de Saxe-Gota-Altemburgo
Nascimento 21 de dezembro de 1800
  Gota, Ducado de Saxe-Gota-Altemburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 30 de agosto de 1831 (30 anos)
  Paris, França
Enterro Cemitério em Glockenberg, Coburgo, Alemanha
Pai Augusto, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo
Mãe Luísa Carlota de Mecklemburgo-Schwerin

Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo (Luísa Doroteia Paulina Carlota Frederica Augusta; Gota, 21 de dezembro de 1800Paris, 30 de agosto de 1831), princesa de Saxe-Gota-Altemburgo e duquesa de Saxe, foi a primeira esposa de Ernesto I de Saxe-Coburgo-Gota e mãe do príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota, marido da rainha Vitória do Reino Unido.

Família[editar | editar código-fonte]

Luísa com os seus filhos.

A princesa Luísa foi a única filha de Augusto, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo, e da sua primeira esposa, a princesa Carlota de Mecklenburg-Schwerin, filha de Frederico Francisco I, Grão-Duque de Mecklemburgo-Schwerin e da princesa Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo (de quem Luísa herdou o nome).

Casamento[editar | editar código-fonte]

A 31 de julho de 1817, em Gota, Luísa, na altura com dezasseis anos de idade, casou-se com o seu parente Ernesto III, Duque de Saxe-Coburgo-Saalfeld, de trinta-e-nove anos, depois de este não ter conseguido casar-se com uma grã-duquesa russa.[1] Luísa era considerada "jovem, inteligente e bonita".[2]

Juntos, tiveram dois filhos: Ernesto, que herdou os títulos e terras do pai, e Alberto, que, mais tarde, se casou com a rainha Vitória do Reino Unido.

O casamento foi infeliz devido às infidelidades de Ernesto e o casal separou-se em 1824. Nessa altura, Luísa teve direito a ficar com uma propriedade em Sankt Wendel, no Principado de Lichtenberg, que era um território independente que estava sob o governo de Saxe-Coburgo-Gota. Por causa da sua decisão de se separar do marido, Luísa foi obrigada a deixar os dois filhos. O biografo Lytton Strachey escreveu em 1921 que "a nova corte ducal não era conhecida pelo seu exemplo moral. O duque era um homem dado a galantarias e corriam rumores de que a duquesa seguia o exemplo do marido. Rebentaram dois escândalos: falou-se de um dos mordomos da corte, um homem charmoso e culto de origem judaica que terá causado a separação e, mais tarde, o divórcio do casal."[3]

Vida após o divórcio[editar | editar código-fonte]

A 31 de março de 1826, o casamento de Luísa e Ernesto foi dissolvido oficialmente. Sete meses depois, a 18 de outubro de 1826, Luísa casou-se em segredo com o seu antigo amante, o barão Alexander von Hanstein (posteriormente conde de Pölzig e Beiersdrof). Durante o seu casamento anterior, Luísa tinha tido uma vida social muito activa e tinha recebido a alcunha de Landesmutter (literalmente, a "mãe da região). No entanto, toda a sua felicidade terminou quando, em fevereiro de 1831, o seu casamento secreto com von Hanstein foi descoberto e ela foi proibida de voltar a ver os filhos.

Luísa morreu de cancro a 30 de agosto de 1831, quando tinha apenas trinta anos de idade. Vários anos após a sua morte, a rainha Vitória escreveu uma descrição da sua sogra num memorando datado de 1864: "a princesa foi descrita como tendo sido muito bonita, embora muito baixa. Era loura, tinha olhos azuis e disseram que o príncipe Alberto era muito parecido com ela".[4] Inicialmente, Luísa foi sepultada na Morizkirche, no entanto, em 1859, após a conclusão do mausuleu ducal em Friedhof am Glockenberg, o seu corpo foi transladado para lá.[5]

Descendência[editar | editar código-fonte]

Nome Nascimento Morte Notas
ErnstIIofSCG.jpg Ernesto II de Saxe-Coburgo-Gota 21 de junho de 1818 22 de agosto de 1893 Casou-se com Alexandrina de Baden, sem descendência.
Albert, Prince Consort by JJE Mayall, 1860.png Alberto de Saxe-Coburgo-Gota 26 de agosto de 1819 14 de dezembro de 1861 Príncipe consorte da Rainha Vitória do Reino Unido, com descendência.

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo em três gerações
Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo Pai:
Augusto, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo
Avô paterno:
Ernesto II, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo
Bisavô paterno:
Frederico III, Duque de Saxe-Gota-Altemburgo
Bisavó paterna:
Luísa Doroteia de Saxe-Meiningen
Avó paterna:
Carlota de Saxe-Meiningen
Bisavô paterno:
António Ulrico, Duque de Saxe-Meiningen
Bisavó paterna:
Carlota Amália de Hesse-Philippsthal
Mãe:
Luísa Carlota de Mecklemburgo-Schwerin
Avô materno:
Frederico Francisco I, Grão-Duque de Mecklemburgo-Schwerin
Bisavô materno:
Luís de Mecklemburgo-Schwerin
Bisavó materna:
Carlota Sofia de Saxe-Coburgo-Saalfeld
Avó materna:
Luísa de Saxe-Gota-Altemburgo (1756–1808)
Bisavô materno:
João Augusto de Saxe-Gota-Altemburgo
Bisavó materna:
Luísa Reuss de Schleiz

Fontes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Grey, p. 29.
  2. Weintraub, p. 21.
  3. Strachey, Lytton (1921). Queen Victoria. [S.l.]: New York, Harcourt, Brace and company 
  4. Grey, p. 30.
  5. Klüglein, Norbert (1991). Coburg Stadt und Land (em alemão). Verkehrsverein Coburg.