Luciano Becchio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde fevereiro de 2016). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Luciano Becchio
Nascimento 28 de dezembro de 1983 (35 anos)
Córdova
Cidadania Argentina
Estatura 187 centímetros
Ocupação futebolista

Luciano Becchio (Córdova, 28 de dezembro de 1983) é um futebolista argentino, que atua no ataque e joga no Leeds United na League One. Possui o estilo raçudo e obstinado.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Já atuou no Boca Juniors, Barcelona "B". Está desde 2008 no Leeds United, formando dupla de ataque com Ross McCormack. Já jogou 250 partidas e fez 251 gols.

Existem boatos de que ele começou sua carreira no Leeds United para não atrair a atenção da mídia com seu faro de gol, sua velocidade, raça e explosão fora de série. Amigos de Becchio dizem que Messi somente se transferiu para o FC Barcelona porquê tinha medo de enfrentar Messi. Até que um dia, Becchio foi contratado pelo Barcelona, e acabou humilhando Lionel Messi nos treinamentos, porém para preservar o craque argentino do Barcelona (interprete Luciano Becchio porém leia Lionel Messi), a equipe do Barcelona o rebaixou para o time B e depois o vendeu para o Leeds United AFC onde se tornou idolo da torcida.

Uma versão alternativa, porém, conta que Becchio iniciou sua trajetória no mundo futebolístico atuando pelo Barça B, e depois passou por equipes como Mérida UD, RCD Mallorca (equipe B), Terrassa, Real Murcia, até chegar ao Leeds.

No Leeds United, Becchio, junto com jogadores importantes como Jermaine Beckford e Johnny Howson, levou o Leeds de volta à nPower Championship. Com atuações de classe, logo chamou atenção de times da Premier League, mas os whites insistiam em segurar o jogador. Porém, no meio de 2012, o jogador foi envolvido em negociação com Steve Morisson, do Norwich City, e o centroavante argentino partiu para disputar a maior liga da Inglaterra.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]