Mário Augusto Teixeira de Freitas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mário Augusto Teixeira de Freitas (São Francisco do Conde, 31 de março de 1890Rio de Janeiro, 22 de fevereiro de 1956) foi um advogado e estatístico brasileiro. Graduou-se com distinção no Curso de Direito, em 1911, pela Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais do Rio de Janeiro.

Pouco conhecido da maioria dos brasileiros, possivelmente uma consequência do voto de pobreza perante a Ordem Terceira de São Francisco na qual, desde a mocidade, tornou-se o irmão Nicodemus, foi um homem que marcou a história da Estatística no Brasil, tendo sido o idealizador e primeiro Secretário Geral do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Teixeira de Freitas realizou um grande estudo estatístico sobre a realidade da educação primária, nos primeiros anos da década de 1930, no que diz respeito à organização do sistema de ensino do país nessa etapa de escolarização. Tal trabalho deu visibilidade à situação caótica em relação ao atendimento da demanda do público escolar frente a quantidade de escolas existentes, como no que diz respeito à imensa seletividade/ reprovação no ensino primário. Este estudo foi publicado em livro sob o título "O que dizem os números sobre o Ensino Primário".[1]

Referências

  1. FREITAS, M. A. Teixeira de. O que dizem os números sobre o ensino primário, São Paulo, 1934

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.