Machiko Kyō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Machiko Kyō
Kyō em 1955.
Nascimento 25 de março de 1924
Osaka, Japão
Morte 12 de maio de 2019 (95 anos)
Tóquio
Cidadania Japão
Ocupação Atriz
Prêmios Medalha de Honra com Fita Roxa
Causa da morte ataque cardíaco

Machiko Kyō (京 マチ子, Kyō Machiko?, nascida dia 25 de março de 1924) (京 マチ子, Kyō Machiko?) foi uma atriz japonesa que atuou principalmente na década de 1950.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Kyō, uma filha única, nasceu Yano Motoko em Osaka em 1924. Seu pai foi embora quando ela tinha cinco anos de idade e ela foi criada por sua mãe e avó. Ela adotou Machiko Kyō como seu nome artístico quando ela entrou no Osaka Shochiku Kagekidan em 1936, aos 12 anos de idade. Ela treinou como uma dançarina antes de entrar na indústria cinematográfica através de Daiei Film | Daiei] em 1949. Dois anos mais tarde, ela alcançou fama internacional como protagonista feminina no filme de Akira Kurosawa, Rashomon , que ganhou o primeiro prêmio no Festival de Cinema de Veneza e surpreendeu o público com sua narrativa não-linear.[1]

Ela estrelou em muitas outras produções japonesas, incluindo os filmes de Kenji Mizoguchi: Ugetsu (1953), Teinosuke Kinugasa's Gate of Hell (1953), Kon Ichikawa's Odd Obsession (1959), e Yasujirō Ozu's Floating Weeds (1959).

Seu único papel em um filme não-japonês foi como Lotus Blossom, a jovem gueixa em The Teahouse of the August Moon (1956) ao lado de Marlon Brando e Glenn Ford, pelo qual ela recebeu uma nomeação ao Globo de Ouro.

Kyō continuou a atuar nos seus 80 anos. Seu último papel foi como "Matsuura Shino" na série dramática da NHK, "Haregi Koko Ichiban" em 2000. Em 2017, ela foi agraciada com um prêmio de mérito no 40º Prêmio da Academia Japonesa.[2] Depois de se aposentar do filme, ela se mudou de volta para Osaka, onde residiu até sua morte.

Kyō nunca se casou, embora seu relacionamento amoroso com o presidente da Daiei, Masaichi Nagata, fosse bem divulgado em seu país natal.

Kyō morreu de insuficiência cardíaca em 12 de maio de 2019,[3] aos 95 anos.[4][5]

Filmografia Selecionada[editar | editar código-fonte]

Honras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [1]
  2. «会長特別賞». Japan Academy Film Prize. Japan Academy Film Prize. Consultado em 30 January 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. Sandomir, Richard, Machiko Kyo, Star of ‘Rashomon’ and Other Films, Dies at 95, The New York Times, May 17, 2019
  4. 女優の京マチ子さん 心不全で死去 95歳 「羅生門」などに出演 (em japonês). 14 May 2019. Consultado em 14 May 2019  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  5. https://www.hollywoodreporter.com/news/machiko-kyo-dead-star-akira-kurosawas-rashomon-was-95-1210433

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.