Madalena de Médici

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Maria Madalena Romola de Médici (25 de julho de 1473 - 2 de dezembro de 1528) foi a filha de Lourenço de Médici e Clarice Orsini.

Nascida em Florença, foi educada com seus irmãos para as culturas humanísticas por figuras como Angelo Poliziano. Em 25 de fevereiro de 1487, se casou com Franceschetto Cybo, filho do Papa Inocêncio VIII.[1] A partir daí, Madalena viveu em Roma, mas, após a morte de seu pai (1492), residiu também na Toscana e Ligúria.

Madalena viveu principalmente em Roma após a eleição de seu irmão Giovanni como Papa Leão X, e lá morreu em 1528. Ela foi sepultada na Basílica de São Pedro, por ordem de seu primo, o Papa Clemente VII.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Franceschetto e Madalena tiveram seis filhos:[1]

  1. Clarice Cybo (1490–1492) nascida deficiente e morta na infância
  2. Inocêncio (1491–1550), Cardeal
  3. Lourenço (1500–1549) Duque de Ferentillo, casado com Ricarda Malaspina e fundou a Casa de Cybo-Malaspina
  4. Catarina (1501–1557), casada com João Maria de Varano, Duque de Camerino
  5. Hipólita (1503–1503)
  6. João Batista (1505–1550), Bispo de Marselha

Ver também[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b George L. Williams (2004). Papal Genealogy: The Families And Descendants Of The Popes McFarland [S.l.] p. 57-58. ISBN 0786420715.  Ligação externa em |title= (Ajuda)