Cybo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cybo
República de Génova e Massa-Carrara
Brasão de armas da família Cybo
Estado: República de Génova e Massa-Carrara
País: Itália
Títulos: Condes e Duques de Ferentillo
Príncipes do Império
Último soberano: Lourenço Cybo
Etnia: Caucasianos

Os Cybo (também conhecidos pela grafia Cibo ou, mais raramente, Cibei) foram uma família patrícia genovesa, de origem grega.[1] [2]

A família instalou-se na capital da Liguria no século XII e, em 1528, os Cybo formavam o 17.º Albergo, a união de famílias nobres de Gênova.[3][4]

A família separou-se em muitos ramos, uns permanecendo em Gênova e outros que emigraram para Nápoles onde Tomaso Cybo, deu origem à família Tomacelli.

No entanto, o protagonismo da família foi acentuado quando Giovanni Battista Cybo foi nomeado Bispo de Savona (em 1467), Cardeal (em 1473) e, por fim, Papa (em 1484) com o nome de Inocêncio VIII. Inocêncio VIII teve um filho natural, Franceschetto Cybo, que casou com Madalena de Médici (irmã do Papa Leão X).

Franceschetto foi nomeado por seu pai para diversos cargos importantes em Roma, entre os quais o de Capitão-geral da Igreja, tendo por fim, também obtido um feudo, o condado de Ferentillo em 1484.

Os seu filho, Lourenço Cybo, foi general dos exércitos papais e casou com Ricarda Malaspina, herdeira dos estados de Massa e Carrara, dando origem ao ramo familiar dos Cybo-Malaspina, dinastia que governou Massa e Carrara até 1790.[5]

O imperador Maximiliano II faz de Alberico I (segundo filho varão de Lourenço Cybo e de Ricarda Malaspina) Príncipe do Império em 1568.

Ao longo de quatro séculos, os Cybo e os Cybo-Malaspina estaleleceram alianças matrimoniais com as principais famílias da aristocracia italiana, entre as quais os Médici da Toscana, os Della Rovere de Urbino, os Este de Módena e os Pico de Mirandola.

Membros notáveis[editar | editar código-fonte]

Os membros mais notáveis da família incluem:

Cybo diretos[editar | editar código-fonte]

Cardeais e Patriarcas[editar | editar código-fonte]

  • Lorenzo Cybo de Mari (morto em 1503), cardeal;
  • Alderano Cybo (1613–1700), cardeal;
  • Eduardo Cybo (1619-1705), Patriarca Titular de Constantinopla, Acebispo Titular de Seleucia 28.7.1670, Núncio na Suíça;
  • Alexandre Cybo (1633-1705) Patriarca de Constantinopla;
  • Camilo Cybo (1681-1743), cardeal.

Cybo-Malaspina[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Cybo-Malaspina

Os soberanos de Massa e Carrara foram:

Cybo-Usodimare[editar | editar código-fonte]

Uma segunda filha natural do Papa Inocêncio VIII, Teodorina (Nápoles, ca.1455 - Roma 1508) casou com Gherardo Usodimare, Patrício de Génova, Tesoureiro dos Estados Papais. Neste casamento teve origem o novo ramo dos Cybo-Usodimare.

Árvore Genealógica[editar | editar código-fonte]

Resumo genealógico[6] que inclui os membros mais importantes que descendem do Papa Inocêncio VIII :


C o a Innocenzo VIII.svg
Inocêncio VIII
(Giovanni Battista Cybo)
[1432-1492]
Cardeal 1473, Papa 1484
Medici popes.svg
Leão X
(Giovanni de' Medici)
[1475-1521]
Papa 1513
Coat of arms of Medici.svg
Madalena de Médici
(Maddalena de' Medici)
[1473-1519]
Blason Laurent Cibo.svg
Franceschetto Cybo
[1449-1519]
Conde de Ferentillo
General dos Exércitos Papais
Teodorina Cybo
[ca.1455-1508]
Gerardo Usodimare
(Gherardo Usodimare)
[+1502]
Tesoureiro dos Estados Papais
Inocêncio (Innocenzo)
[1491-1550]
Arcebispo 1513
Cardeal 1513
Lourenço (Lorenzo)
[1500-1549]
Conde de Fexentillo
c.c. Ricarda Malaspina
Marquesa de Massa e Carrara
Catarina (Caterina)
[1501-1557]
c.c. João Maria de Varano
Duque de Camerino
João Batista
(Giovanni Battista)
[1505-1550]
Bispo de Marselha
Coat of arms of the House of Cybo-Malaspina.svg
ramo dos
Cybo-Malaspina
(extinto em 1790)
ramo dos
Cybo-Usodimare
(extinto em 1600)


Legenda:
c.c. = casou com

Brasão de armas[editar | editar código-fonte]

Brasão Descrição

Coat of arms of the House of Cybo.svg
Família Cybo

de gules com uma banda axadrezada de prata e azure de três filas, com o chefe de prata carregado de uma cruz de gules (que é de Gênova).


Coat of arms of the House of Cybo-Malaspina.svg
Família Cybo-Malaspina

de gules, carregado com os spino fiorito (espinhos floridos) da família Malaspina, com uma banda axadrezada de prata e azure de três filas, com o chefe de prata carregado de uma cruz de gules (que é de Gênova). Por cima, um outro chefe de ouro com uma águia bicéfala de sable (que é de Sacro-Império).

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Smith, Philip (2009). The History of the Christian Church. [S.l.]: General Books LLC. pp. 219–220. ISBN 978-1-150-72245-5. CHARACTER DE INOCÊNCIO VIII… Cardeal João Baptista Cibo, que foi eleito como Inocêncio VIII. (1484–1492)…A sua família era de origem grega , mas há muito que se instalara em Gánova e Nápoles com o nome de Tomacelli à qual Bonifácio IX. pertencia. O nome Cibo viria da banda axadrezada nas suas armas. O pai de Inocêncio fora Vice-rei em Nápoles servindo o rei Renato, e Senador de Roma servindo Calixto III. 
  2. Thomas, Joseph (2010). The Universal Dictionary of Biography and Mythology. [S.l.]: Cosimo, Inc. p. 704. ISBN 978-1-61640-071-2. Cybo ou Cibo, che-bo'  Arano ou Aaron, o antepassado de uma família nobre Genovesa, era de origem grega, tendo nascido em Rodes
  3. The Grimaldis of Monaco, Anne Edwards, HarperCollins, 1992, [1], ISBN 978-0-00-215195-5
  4. Genoa and the sea : policy and power in an early modern maritime republic, 1559–1684, Thomas Allison Kirk, Johns Hopkins University Press, 2005, pag. 25 [2], ISBN 978-0-8018-8083-4
  5. nesse ano morre a princesa Maria Teresa Cybo-Malaspina, a última representante desta estirpe
  6. elaborado com base em http://genealogy.euweb.cz/italy/cybo2.html
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em italiano, cujo título é «Cybo».


Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Angelo M.G. Scorza, Le famiglie nobili genovesi, Fratelli Frilli Editori, Trebaseleghe, 2009.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]