Mangue Negro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mangue Negro
Mangue Negro (BRA)
 Brasil
2008 •  cor •  105 min 
Direção Rodrigo Aragão
Roteiro Rodrigo Aragão
Elenco Ricardo Araújo
Kika de Oliveira
Walderrama Dos Santos
Género terror
Idioma português
Orçamento R$ 50 mil
Página no IMDb (em inglês)

Mangue Negro é um filme independente de terror produzido no Brasil em 2008, escrito e dirigido por Rodrigo Aragão.[1][2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em uma comunidade muito pobre de um manguezal brasileiro surgem inexplicavelmente zumbis canibais, e a onda de massacres começam a acontecer

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme "Mangue Negro", foi o primeiro longa-metragem de Rodrigo Aragão, e custou em torno de R$ 50 mil. Os efeitos especiais e a maquiagem de "Mangue Negro" ficaram por conta do próprio diretor Rodrigo Aragão. Em uma entrevista, o diretor afirmou que foi autodidata e aprendeu as técnicas através de repetidas tentativas e assistindo filmes e making of de filmes. O resultado lhe valeu o prêmio de efeitos especiais e direção em vários festivais, o filme recebeu o "Prêmio Audiência do Rojo Sangre", na Argentina, e fez parte da seleção oficial do "Sci Fi London" na Inglaterra.

Foi feito na cidade litorânea de Guarapari, no Espírito Santo - Brasil.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme de horror é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.