Manuel António Lino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuel António Lino
Nascimento 4 de janeiro de 1865
Angra do Heroísmo
Morte 15 de junho de 1927 (62 anos)
Angra do Heroísmo
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação Médico, político, poeta e dramaturgo
Principais trabalhos Rosas e crisântemos
Dr. Manuel António Lino: busto no Jardim Duque da Terceira em Angra.

Manuel António Lino (Angra do Heroísmo, 4 de Janeiro de 1865 - Angra do Heroísmo, 15 de Junho de 1927) foi um médico, político, poeta e dramaturgo português. Foi governador civil do Distrito da Horta.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bacharel em Medicina e Cirurgia formado pela Universidade de Coimbra em 1892, foi delegado de Saúde do Distrito de Angra do Heroísmo. Em 1889 foi convidado pela Junta Geral de Angra para ir ao estrangeiro estudar a montagem e funcionamento dos postos de desinfecção. Nessa ocasião esteve na cidade do Porto a estudar a peste bubónica.

Foi Governador do Distrito da Horta, na ilha do Faial, em 1906.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • CAMPOS, Alfredo Luís. Memória da Visita Régia à Ilha Terceira. Angra do Heroísmo: Imprensa Municipal, 1903.
  • CORTE REAL E AMARAL, Joaquim M. de Sá. O Dr. Manuel António Lino: Médico, Poeta, Artista. Boletim do Instituto Histórico da Ilha Terceira, XVII (17) 1959, p. 166-190 Sep.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]