Maré negra de Norilsk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Maré negra de Norilsk
Fotografia tirada da maré negra a partir de um satélite Sentinel-2.
Norilsk by satellite 2016.jpg
69° 19′ 40″ N, 87° 57′ 52″ L
Localização de Norilsk, na Russia
Localização Norilsk, Krasnoyarsk Krai
 Rússia
Data 29 de maio de 2020

A maré negra de Norilsk foi um desastre industrial ocorrido em 29 de maio de 2020 no tanque de armazenamento nº 5 da usina termelétrica nº 3 da Norilsk-Taimyr, perto de Norilsk, no norte da Russia, próximo a Sibéria. O acidente aconteceu quando um tanque de armazenamento colapsou após uma série de buracos no fundo do reservatório, causados ​​pela formação de uma corrosão. O recipiente presente inundou os rios locais com até 21 mil metros cúbicos de óleo diesel.[1][2]

Descrito como a segunda maior maré negra na história russa moderna, foi declarado estado de emergência.[3][4] É comparado ao vazamento do navio-petroleiro Exxon Valdez, no Alaska, em 1989.[5][6]

Referências

  1. «Diesel fuel spill in Norilsk in Russia's Arctic contained». TASS. Moscou. 5 de junho 2020. Consultado em 6 de junho de 2020 
  2. Seddon, Max (4 de junho de 2020). «Siberia fuel spill threatens Moscow's Arctic ambitions». Financial Times 
  3. Nechepurenko, Ivan (5 de junho de 2020). «Russia Declares Emergency After Arctic Oil Spill». New York Times 
  4. «Putin orders state of emergency after huge fuel spill inside Arctic Circle». The Guardian. 3 de junho 2020. Consultado em 4 de junho de 2020 
  5. «Checks ordered after huge Arctic oil spill». BBC News (em inglês). 5 de junho de 2020 
  6. MoscowEmailEmailBioBioFollowFollow, Isabelle Khurshudyan closeIsabelle KhurshudyanForeign correspondent based in. «Arctic fuel spill prompts Russia's Putin to declare emergency and slam slow response». Washington Post (em inglês). Consultado em 9 de junho de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre Ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.