Matilde Ludovica em Baviera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Matilde
Duquesa da Baviera
Condessa de Trani
Cônjuge Luís, Conde de Trani
Descendência Maria Teresa de Bourbon-Duas Sicílias
Casa Wittelsbach
Bourbon-Duas Sicílias
Nome completo
Matilde Ludovica
Nascimento 30 de setembro de 1843
  Pöcking, Reino da Baviera
Morte 18 de junho de 1925 (81 anos)
  Munique, Alemanha
Religião Catolicismo
Pai Maximiliano, duque na Baviera
Mãe Luísa Guilhermina da Baviera


Matilde Ludovica (Castelo de Possenhofen, 30 de setembro de 1843Munique, 18 de junho de 1925) duquesa em Baviera, foi a quarta filha de Maximiliano, duque na Baviera, e de sua esposa, a princesa Luísa Guilhermina da Baviera (filha do rei Maximiliano I José da Baviera e de Carolina de Baden).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Matilde era a irmã menor (entre outros) da imperatriz "Sissi" da Áustria.

Em 5 de junho de 1861, Matilde desposou Luís, Conde de Trani, o filho mais velho do rei Fernando II das Duas Sicílias e de sua segunda esposa, Maria Teresa Isabel da Áustria. Ele era o herdeiro presuntivo de seu meio-irmão mais velho, Francisco II das Duas Sicílias. Francisco II, por sua vez, era casado com uma irmã de Matilde, Maria Sofia.

Matilde e Luís tiveram apenas uma filha:

Entretanto, o reino das Duas Sicílias foi conquistado pela Expedição dos Mil, sob Giuseppe Garibaldi, em 1861. Garibaldi então o incorporou ao Reino de Sardenha, que estava no processo de unificação italiana.

Luís ainda era o herdeiro de Francisco como chefe de uma casa real deposta. Ele deteve essa posição pelo resto de sua vida, pois faleceu antes de Francisco em 8 de junho de 1886. Francisco acabou sendo sucedido por seu outro irmão, Afonso, conde de Caserta.

Matilde não se casou novamente e morreu trinta e nove anos depois da morte de seu marido.