Casa de Wittelsbach

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Casa de Wittelsbach
Estado Reino da Baviera (suprimido na Unificação Alemã)
Título Duque da Baviera
Eleitor da Baviera
Rei da Baviera
Eleitor do Palatinado
Imperador Romano-Germânico
Rei dos Romanos
Rei da Dinamarca
Rei da Suécia
Rei da Noruega
Rei dos Helenos
Reis da Grã-Bretanha, França e Irlanda (Sucessão jacobita)
Origem
Fundador Otão I da Baviera
Fundação 1180
Etnia Alemã
Atual soberano
Francisco, Duque da Baviera
Último soberano Luís III da Baviera
Dissolução 1918
Linhagem secundária
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Simmern (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Sulzbach (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Neumarkt (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Zweibrücken (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Birkenfeld

A Casa de Wittelsbach (em alemão: Haus von Wittelsbach) é uma dinastia da Baviera que governou este estado entre 1323 e 1918.

A Baviera tornou-se um reino, em 1806, conforme o Tratado de Pressburgo, em consequência da dissolução do Sacro Império Romano-Germânico (962–1806). Com a Baviera independente do extinto governo imperial, os Witteslbach tornaram-se a família real nesse mesmo ano, embora o Ducado da Baviera já existisse desde 1323.

Assim, Maximiliano IV José, que governava a Baviera desde 1799 como Príncipe-eleitor (em alemão: Kurfürst), tornou-se o rei Maximiliano I José da Baviera.

O último rei da Baviera foi Luís III que abdicou em 1918.

A casa real não foi somente a soberana do seu estado natal, mas deteve outros títulos nobiliárquicos, entre alguns de seus principais, estavam o de Eleitor do Palatinado, parte do Sacro Império Romano-Germânico.

Atualmente o chefe da Casa de Wittelsbach é Francisco, duque da Baviera, como não se casou e não tem descendência, é o seu irmão Max Emanuel da Baviera (Max-Emanuel von Wittelsbach) o herdeiro presuntivo, mas como ele tem cinco filhas e a sucessão à Casa de Wittelsbach obedece às leis de sucessão agnática, e então passar, após sua morte, para seu primo, Príncipe Leopoldo Rodolfo da Baviera(Luitpold Rupprecht von Wittelsbach), (nascido em 1951), cujo casamento com Katharina Beatrix Wiegand foi reconhecido pelo Duque Francisco como dinástico em 3 de março de 1999, e depois passar para o filho mais velho, Luís Henrique da Baviera (Ludwig Heinrich von Wittelsbach), (nascido em 1982).[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Casa de Wittelsbach
  1. «ExtraConfidencial » lo que nadie se atreve a contar». ExtraConfidencial (em espanhol). Consultado em 22 de julho de 2021