Casa de Wittelsbach

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Casa de Wittelsbach
Brasão da Casa de Wittlesbach, após a queda do Reino da Baviera
País: Reino da Baviera (suprimido na Unificação Alemã)
Títulos: Duque da Baviera
Rei da Baviera
Eleitor do Palatinado
Sacro Imperador Romano
Rei dos Romanos
Rei da Dinamarca
Rei da Suécia
Rei da Noruega
Rei dos Helenos
Fundador: Otão I da Baviera
Último soberano: Luís III da Baviera
Atual soberano: Francisco, Duque da Baviera
Ano de fundação: 1180
Ano de dissolução: 1918
Etnia: Alemã
Linhagem secundária: Casa de Wittelsbach-Palatinado-Simmern (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Sulzbach (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Neumarkt (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Zweibrücken (extinta)
Casa de Wittelsbach-Palatinado-Birkenfeld

A Casa de Wittelsbach (em alemão: Haus von Wittelsbach) é uma dinastia da Baviera que governou este estado entre 1323 e 1918.

Com o rei Luís III, a Baviera tornou-se um reino, em 1805, conforme o Tratado de Pressburgo, assinado em 26 de dezembro, em consequência da dissolução do Sacro Império Romano Germânico (962–1806). Com a Baviera independente do extinto governo imperial, os Witteslbach se tornaram a família real nesse mesmo ano, embora o Ducado da Baviera já existisse desde 1323 .

A Casa não foi somente a soberana do seu estado natal, deteve outros títulos nobiliárquicos, entre alguns de seus principais, estavam o de Eleitor do Palatinado, parte do Sacro Império Romano-Germânico.

Atualmente o chefe da Casa de Wittelsbach é Francisco.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Casa de Wittelsbach